Notícias

Vacinas que ficaram em geladeira aberta ainda são eficazes, diz prefeito de Sarandi

Geladeira que guardava as doses ficou aberta no último dia 28; prefeitura investiga servidor responsável pelas doses

Renan
Renan Vallim / Repórter
Vacinas que ficaram em geladeira aberta ainda são eficazes, diz prefeito de Sarandi
(Foto: Reprodução / Prefeitura de Sarandi)

13 de julho de 2021 - 11:59 - Atualizado em 13 de julho de 2021 - 12:11

Em vídeo, o prefeito de Sarandi, Walter Volpato (PSC), afirmou na manhã desta terça-feira (13) que as vacinas contra o coronavírus que estavam sob suspeita de terem estragado após uma geladeira ficar aberta em uma UBS poderão ser aplicadas normalmente. Segundo ele, as 610 doses dos imunizantes passaram por exames que atestaram a sua eficácia.

O prefeito lamentou o ocorrido. “Tivemos um episódio desagradável no dia 28 último, onde um servidor municipal, na UBS Rio de Janeiro, deixou a geladeira aberta e, consequentemente, mais de 600 vacinas ficaram com suspeita de estarem estragadas“, disse.

De acordo com o prefeito, as vacinas foram para a 15ª Regional de Saúde de Maringá, que as encaminhou para a Secretaria Estadual da Saúde (SESA), em Curitiba. Na capital do estado, foram realizados os testes para identificar se os imunizantes mantinham a eficácia.

“Foram feitas todas as avaliações que precisavam ser feitas, as vacinas ficaram em quarentena e, graças a Deus, não estragou nenhuma. Elas já foram devolvidas para o município e poderão ser aplicadas“, comemorou o prefeito.

Ainda segundo Volpato, o caso continua em investigação pela Prefeitura de Sarandi. Uma nota sobre o assunto também foi divulgada no site da prefeitura.

Leia a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Saúde através da Prefeitura do Município de Sarandi informa que as doses de vacina contra Covid-19 que ficaram expostas no final de semana dos dias 26 e 27 de Junho, foram encaminhadas para análise na Secretaria Estadual de Saúde do Paraná (SESA). Das 610 vacinas que estiveram sob suspeita, todas receberam o parecer para a aplicação das mesmas, desta forma, não detectando nenhuma alteração por conta da variação de temperatura. Informamos que desde o dia 28 de Junho foi realizado boletim de ocorrência e sindicância para apuração dos fatos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.