Notícias

Vacinas podem estar prontas para o Natal conforme EUA enfrentam repique do vírus no pós-Ação de Graças

Reuters
Reuters
Vacinas podem estar prontas para o Natal conforme EUA enfrentam repique do vírus no pós-Ação de Graças
.

30 de novembro de 2020 - 19:43 - Atualizado em 30 de novembro de 2020 - 19:45

Por Doina Chiacu e Peter Szekely

WASHINGTON (Reuters) – Após o feriado prolongado de Ação de Graças no qual o número de pessoas viajando em aeroportos dos Estados Unidos atingiu a maior marca desde meados de março, uma importante autoridade do governo disse nesta segunda-feira que alguns norte-americanos poderiam ser vacinados para o coronavírus antes do Natal.

O secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar, disse que a vacina da Pfizer Inc para a Covid-19 pode ser autorizada e enviada dias após uma reunião no dia 10 de dezembro entre conselheiros externos da Agência de Medicamentos e Alimentos encarregada da revisão dos dados de estudos e da recomendação ou não da aprovação do imunizante.

A vacina da Moderna Inc pode seguir uma semana depois, disse Azar, após a farmacêutica anunciar na segunda-feira que daria entrada na autorização para uso emergencial nos Estados Unidos e na Europa. Os dados finais do estudo da Moderna mostram eficiência de 94,1% para prevenir a Covid-19, resultado comparável com o da Pfizer. 

“Então poderíamos ver essas duas vacinas liberadas e chegando aos braços das pessoas antes do Natal”, disse Azar ao programa “This Morning” do canal CBS. 

O governo norte-americano irá enviar as vacinas e os governadores estaduais irão decidir como elas serão distribuídas em seus Estados. 

Os Estados Unidos reportaram 4,2 milhões de novos casos de Covid-19 até agora em novembro e mais de 36 mil mortes relacionados ao coronavírus, de acordo com uma contagem da Reuters. O número de hospitalizações está no nível mais alto da pandemia e o de mortes é o maior dos últimos seis meses.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEGAT1RW-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.