Coronavírus

Assembleia aprova uso obrigatório de máscaras no Paraná; texto segue para sanção do governador

O projeto estabelece a obrigatoriedade do uso de máscara pela população nos espaços abertos ao público ou de uso coletivo em todo o estado do Paraná

Gabriel
Gabriel Azevedo com informações da Alep
Assembleia aprova uso obrigatório de máscaras no Paraná; texto segue para sanção do governador
(Foto: Divulgação)

27 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de abril de 2020 - 00:00

Neste segunda-feira (27), a Assembleia Legislativa do Paraná aprovou o projeto que torna obrigatório o uso de máscaras no estado enquanto durar o estado de calamidade pública provocado pelo novo coronavírus. O texto segue para sanção do governador Carlos Massa Ratinho Junior (PSD).

O projeto estabelece a obrigatoriedade do uso de máscara pela população nos espaços abertos ao público ou de uso coletivo, como ruas, parques e praças, e ainda nos estabelecimentos comerciais, industriais, bancários e as empresas que prestem serviço de transporte de passageiros, como o transporte público coletivo, táxi e veículos de aplicativos.

O texto também determina que estabelecimentos públicos, comerciais, industriais, bancários e as empresas que prestem serviço de transporte devem fornecer gratuitamente para seus funcionários as máscaras de proteção e locais para higienização das mãos com água corrente e sabonete líquido ou pontos com álcool em gel a 70%. O álcool em gel também deverá estar disponível para clientes e público em geral.

Qualquer pessoa ou empresa que não cumprir o que estará previsto na lei ficará sujeito a multa. Os valores variam de um a até cinco Unidades Padrão Fiscal do Paraná (UPF/PR) para pessoas físicas e de 20 até 100 Unidades Padrão Fiscal do Paraná (UPF/PR) para pessoas jurídicas. Em abril de 2020, a UPF/PR equivale a R$ 106,60. Em caso de reincidência os valores serão dobrados.