Notícias

USDA reduz previsão de safra de milho 20/21 do Brasil, mantém soja

Reuters
Reuters
USDA reduz previsão de safra de milho 20/21 do Brasil, mantém soja
Caminhão sendo carregado com grãos de soja no Porto Nacional, Tocantis.

12 de julho de 2021 - 14:08 - Atualizado em 12 de julho de 2021 - 14:10

(Reuters) – A previsão de produção de milho 2020/21 do Brasil, cuja colheita da segunda safra está em andamento, foi reduzida para 93 milhões de toneladas, ante 98,5 milhões estimados no mês anterior, informou o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) nesta segunda-feira.

Apesar do recuo, a projeção ficou acima da média de 14 analistas ouvidos pela Reuters, que esperavam que o USDA indicasse safra de 92,21 milhões de toneladas para o cereal.

A segunda safra de milho do país foi fortemente afetada por problemas climáticos, com seca e depois geadas em algumas das principais regiões produtoras.

O órgão do governo americano ainda manteve sua projeção para a safra de soja brasileira 2020/21 em 137 milhões de toneladas, enquanto a média dos analistas previa queda para 136,8 milhões de toneladas.

Para a próxima temporada (2021/22), o USDA manteve as projeções para produção de soja e milho do Brasil em 144 milhões e 118 milhões de toneladas, respectivamente.

(Por Nayara Figueiredo)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6B0V7-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.