Notícias

União Química pede aval da Anvisa para uso emergencial de 10 mi de vacinas Sputnik V

Reuters
Reuters
União Química pede aval da Anvisa para uso emergencial de 10 mi de vacinas Sputnik V
.

16 de janeiro de 2021 - 12:06 - Atualizado em 16 de janeiro de 2021 - 12:10

SÃO PAULO (Reuters) – A União Química informou neste sábado que protocolou na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na véspera pedido para uso emergencial no Brasil da vacina Sputnik V, contra Covid-19.

O pedido, feito em conjunto com o Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF), prevê a disponibilização de 10 milhões de doses do imunizante neste primeiro trimestre do ano.

“A Sputnik V (…) será produzida em nossas fábricas de Brasília e de Guarulhos, através de acordo de transferência de tecnologia firmado entre a companhia e o RDIF”, afirmou a União Química em comunicado.

Neste domingo, a diretoria da Anvisa deve se reunir para decidir sobre pedidos de aval para uso emergencial das vacinas contra Covid-19 do Instituto Butantan e da Fiocruz, respectivamente a CoronaVac e a AstraZeneca-Oxford.

(Por Aluísio Alves)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0F0DP-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.