Notícias

UE alerta que regiões polonesas que se declaram “livres de LGBT” podem perder recursos

Reuters
Reuters
UE alerta que regiões polonesas que se declaram “livres de LGBT” podem perder recursos
Parada do orgulho LGBT em Varsóvia

6 de setembro de 2021 - 16:53 - Atualizado em 6 de setembro de 2021 - 16:55

VARSÓVIA (Reuters) – A Comissão Europeia enviou cartas a cinco conselhos regionais da Polônia pedindo que abandonem as declarações de que são “livres de LGBT” para que recebam financiamento, confirmou um dos conselhos afetados nesta segunda-feira.

O executivo da União Europeia está em desacordo com a Polônia e a Hungria por causa de questões que vão dos direitos dos LGBT à liberdade de imprensa. Em julho, a UE lançou uma ação legal contra ambos os países contra medidas que diz discriminar a comunidade gay.

“A Comissão gostaria de enfatizar que declarar zonas livres de LGBTQI territórios, locais de trabalho ou serviços em que não sejam bem-vindos, constituem uma ação que vai contra os valores enunciados no artigo 2º do Tratado da União Europeia”, afirma a carta.

O texto acrescenta que o financiamento extra sob parte do fundo de recuperação da Covid-19 do bloco será colocado em espera enquanto se aguardam as respostas das regiões à Comissão.

“No momento, ela (a carta) está sendo analisada para preparar uma resposta”, disse o porta-voz da região de Lubelskie, na Polônia, por e-mail.

As regiões de Lubelskie e Malopolska votaram recentemente para se manterem livres da “ideologia LGBT”.

Um porta-voz da Comissão Europeia não foi encontrado imediatamente para comentar a carta. O Ministério de Fundos e Política Regional da Polônia não respondeu imediatamente a um pedido de comentários.

(Por Anna Wlodarczak-Semczuk em Varsóvia e Foo Yun Chee em Bruxelas)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH850S6-BASEIMAGE