Notícias

Uber terá que pagar cerca de R$150 milhões por revelar traição

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

9 de fevereiro de 2017 - 00:00 - Atualizado em 9 de fevereiro de 2017 - 00:00

Uber revela traição depois de bug no sistema (Foto; Getty Imagens).jpg

Mulher conseguia ver o itinerário do marido após sessão encerrada

Um empresário francês processou a Uber em €45 milhões (equivalente a R$150,1 milhões), por causa de um possível bug no sistema que teria custado seu casamento.

O homem, que mora na Riviera Francesa, pegou o smartphone da esposa emprestado para usar o Uber. Mesmo após a sessão ter sido encerrada, ela continuou recebendo notificações relacionadas às viagens que ele fazia no aplicativo, segundo reportagem do Le Figaro.

Com o itinerário em mãos, a mulher teria desconfiado da fidelidade do cônjuge, o que causou o fim do casamento. O jornal local informou que haverá uma audiência preliminar sobre o caso no próximo mês.  

A Uber foi procurada, mas a empresa preferiu não se pronunciar. “A Uber não comenta publicamente sobre casos individuais, especialmente aqueles que dizem respeito a coisas como um processo de divórcio”, disse um porta-voz.”

Leia mais

Página falsa do Uber circulando no Facebook dá golpe em usuários

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.