Notícias

‘Tribunal do Crime’: suspeito de matar comparsa de roubo é preso; vítima foi assassinada com a própria arma

De acordo com a Polícia Civil, a vítima era comparsa dos suspeitos em roubos. Almeida teria sido assassinado com a própria arma e foi atingido por quatro tiros.

Daniela
Daniela Borsuk com informações do repórter Tiago Silva, da RIC Record TV
‘Tribunal do Crime’: suspeito de matar comparsa de roubo é preso; vítima foi assassinada com a própria arma
(Foto: Reprodução/ Polícia Civil)

8 de julho de 2021 - 13:25 - Atualizado em 8 de julho de 2021 - 13:25

Nesta quinta-feira (8), a Polícia Civil do Paraná divulgou a conclusão do inquérito policial sobre a morte de Marcos Antônio Alves de Almeida, registrado no dia 19 de abril deste ano, no bairro Uberaba, em Curitiba. Um suspeito do homicídio foi preso e outro segue foragido.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima era comparsa dos suspeitos em roubos. Almeida teria sido assassinado com a própria arma e foi atingido por quatro tiros. Ele foi atraído até um viaduto, onde foi morto.

Em um primeiro momento, a Polícia Civil acreditou que a vítima pudesse se tratar de uma pessoa em situação de rua, mas logo constatou o envolvimento de Almeida com crimes patrimoniais, conforme o delegado Tito Barichello, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

“Segundo as investigações, esses dois criminosos, um que está sendo investigado e um que está preso, foram até a casa da vítima. Só lembrando que a vítima esteve presa no ano de 2012 até o ano de 2019 e tem mais de 10 passagens por roubo, isso é só o pico do iceberg. foram até a casa da vítima, trouxeram a vítima para praticar um roubo, mas na realidade era o Tribunal do Crime, eles já tinham decidido matar a vítima e desferiram tiros sem qualquer chance de defesa, ou seja, mediante traição”.

Disse o delegado responsável pelo caso, Tito Barichello.

Os suspeitos foram indiciados por homicídio mediante a traição e impossibilidade de defesa da vítima.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.