Notícias

Tribunal de Justiça determina que Paranacity e Cruzeiro do Sul divulguem escalas de profissionais da saúde

Os municípios ficam obrigados a fiscalizar o cumprimento da jornada de trabalho

Guilherme
Guilherme Fortunato / Produtor com Assessoria de Imprensa | MPPR
Tribunal de Justiça determina que Paranacity e Cruzeiro do Sul divulguem escalas de profissionais da saúde
(Foto: Divulgação/TJPR)

26 de maio de 2021 - 14:27 - Atualizado em 26 de maio de 2021 - 14:44

O Tribunal de Justiça do Paraná decidiu que Cruzeiro do Sul e Paranacity, no Noroeste do estado, devem publicar no Portal da Transparência as escalas de profissionais de saúde dos dois municípios. O recurso foi expedido pelo Ministério Público. O resultado foi divulgado no início da tarde desta quarta-feira (26)

De acordo com o MP, os municípios ficam obrigados, segundo a decisão do TJPR, a fiscalizar o cumprimento da jornada de trabalho dos profissionais, elaborando relatórios mensais. O recurso apresentado pelo Ministério Público tem objetivo de facilitar a fiscalização do poder público e da população. Investigações apontam que os médicos plantonistas cumprem parte da jornada de trabalho sem permanecer no local durante o horário do expediente, diz a promotoria. 

O MPPR pede a condenação de quatro médicos, tendo como pena a perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, ressarcimento dos danos causados e pagamento de multa.  

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.