Notícias

Travesti é encontrado morto com ferimentos no rosto em Campo Largo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de agosto de 2018 - 00:00 - Atualizado em 24 de agosto de 2018 - 00:00

A vítima era nova no bairro Monsenhor Francisco Gorski, tinha se mudado para a região há três meses (Foto: Paulo Fischer/RICTV Curitiba)

Após os vizinhos escutarem uma discussão, o proprietário da casa foi até o local e encontrou a travesti no chão

Uma travesti foi encontrada morta dentro da sua residência em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite desta quinta-feira (23). Um dia antes de encontrarem o corpo, moradores escutaram uma discussão vindo da residência.

Polícia procura por companheiro da vítima

A vítima era nova no bairro Monsenhor Francisco Gorski, tinha se mudado para a região há três meses. Moradores relataram que 24 horas antes do corpo ser encontrado, eles escutaram muito barulho e gritaria, além do som de uma porta sendo arrombada. O proprietário do imóvel foi até o local e percebeu o portão e a porta principal aberta. Desconfiando da situação, encontrou a vítima assassinada. A Polícia Militar (PM) foi chamada e a morte foi constatada. A travesti apresentava diversos ferimentos no rosto.

Segundo a perícia realizada no local, a vítima morreu depois de ser atingida por um objeto pesado, possivelmente uma pedra. Segundo testemunhas, um homem era visto com frequência na residência. A polícia busca identificar o companheiro com o objetivo de esclarecer o caso.

*Com informações do repórter Marcelo Borges, da RICTV Curitiba