Notícias

Tiaras que podem ter sido de 1ª esposa de Napoleão são leiloadas por U$760 mil

Reuters
Reuters
Tiaras que podem ter sido de 1ª esposa de Napoleão são leiloadas por U0 mil
Estátua de bronze de Napoleão Bonaparte antes de leilão na França

7 de dezembro de 2021 - 12:50 - Atualizado em 7 de dezembro de 2021 - 14:20

LONDRES (Reuters) – Duas tiaras que se acredita terem pertencido à primeira esposa de Napoleão Bonaparte, Josefina, foram leiloadas por mais de 760 mil dólares nesta terça-feira.

Montadas com pedras preciosas incrustradas, as peças do início do século 19 são parte de um conjunto de joias combinadas, e foram oferecidas como parte da venda “Tesouros” da casa de leilões Sotheby’s.

Uma tiara de ouro e esmalte com 25 entalhes de cornalina foi vendida por 450.600 libras (cerca de 597.360 dólares), mais do que seu preço estimado, de 200 mil a 300 mil libras. Ela foi oferecida com um par de brincos, escova de cabelo e enfeite de cinto.

“É um exemplo muito raro de joia do quase classicismo inicial… que se acredita ter sido de uso e propriedade da imperatriz Josefina Bonaparte”, disse Kristian Spofforth, chefe do departamento de joalheria da Sotheby’s de Londres, à Reuters antes da venda.

“É uma tiara montada com… entalhes de cornalina maravilhosos que representam cenas clássicas. Este simbolismo era muito importante para Josefina e Napoleão na época… a revolução havia passado e Josefina e Napoleão queriam se reinventar nesse estilo clássico.”

A segunda tiara de ouro e esmalte com cinco camafeus de cabeças de Zeus, Dionísio, Medusa, Pan e Gaia, deuses da antiga mitologia grega, foi vendida por 126 mil libras e oferecida com um fecho de cinto e um enfeite de cinto.

(Por Ben Makori e Marie-Louise Gumuchian)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB60VH-BASEIMAGE