Notícias

Temer vai pedir suspensão de inquérito no STF e ataca JBS

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de maio de 2017 - 00:00 - Atualizado em 20 de maio de 2017 - 00:00

Presidente atacou JBS durante pronunciamento (Foto: Beto Barata/PR)

Temer não usou a palavra renúncia, mas deixou claro que não pretende entregar o cargo

O presidente Michel Temer (PMDB) informou por meio de pronunciamento neste sábado (20) que vai pedir que o Supremo Tribunal Federal (STF) suspenda o inquérito aberto contra ele por corrupção, obstrução de justiça e formação de organização criminosa.

Os assessores do presidente passaram a manhã toda preparando o novo discurso de Temer. O pronunciamento, previsto para começar às 14h, atrasou quase uma hora.

O presidente não usou a palavra renúncia, mas deixou claro que não pretende deixar a presidência.

Temer citou matéria do jornal Folha de São Paulo que fala que o grampo de uma conversa entre ele e o empresário Joesley Batista, divulgado na última semana, tem sinais de edição.

Michel Temer ainda tentou desqualificar Joesley Batista. “O autor do grampo está livre, passeando por Nova Iorque”, disse. O peemedebista ainda lembrou que o grupo JBS “faturou milhões” em dólares com a divulgação das conversas na imprensa e que cresceu durante os governos de Lula e Dilma Rousseff.

O presidente voltou a dizer que não acreditou nas afirmações do empresário de que ele tivesse “comprado” juízes e um procurador. “Ele é um falastrão conhecido”, atacou.

Por fim, Temer usou novamente a melhora apresentada pela economia nas útimas semanas, além das reformas da previdência e trabalhaista, para tentar blindar seu governo de mais críticas.

Saiba mais:

Rocha Loures é vaiado por manifestantes ao desembarcar no Brasil

Dono da JBS pediu ‘pelo amor de Deus’ para Aécio parar de pedir dinheiro

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.