Notícias

Paranaenses criam programa para que cegos usem computador

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de agosto de 2012 - 00:00 - Atualizado em 20 de agosto de 2012 - 00:00

Usar o computador é um grande desafio para pessoas com deficiência visual. Pensando nisso, o casal paranaense Flávia e Fernando Botelho desenvolveu o F123, um programa que realiza a leitura das informações que aparecem na tela.

O programa vem dentro de um pen-drive e pode ser instalado rapidamente em qualquer computador. E tem ainda um diferencial importante em relação aos outros produtos disponíveis no mercado: é muito mais barato. Enquanto um sistema operacional com a ferramenta de leitura para cegos chega a custar R$ 2.500, o F123 custa R$ 350.

“Vendemos pen-drives para vários centros de acessibilidade. A ideia é atingir um público que não pode pagar cara para ter um leitor de tela no computador”, diz Fernando Botelho, que é cego desde a adolescência.

A facilidade de uso e o preço competitivo transformaram o programa em um sucesso internacional, tendo sido vendido em mais de 30 países. De acordo com Botelho, o principal consumidor é a Zâmbia, que já realizou cerca de 100 aquisições.

O projeto recebeu incentivo do Banco Interamericano de Desenvolvimento e utiliza apenas softwares livres em sua composição.

Os interessados em conhecer ou adquirir o F123 podem entrar em contato com a empresa através do site https://f123.org/ ou pelo e-mail info@f123.org.