Notícias

Tarifa do transporte coletivo de Araucária cai de R$ 2,90 para R$ 2,65

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

26 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2019 - 00:00

Tarifa do transporte coletivo de Araucária cai de R$ 2,90 para R$ 2,65 (Foto: Carlos Poly)

Ao contrário da maioria das cidades brasileiras, que realizam aumentos nas tarifas de transporte coletivo a cada ano, Araucária terá sua tarifa de transporte local reduzida pelo 2º ano consecutivo.

Ao contrário da maior parte das cidades brasileiras, o município de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, vai reduzir a tarifa de transporte coletivo de R$ 2,90 para R$ 2,65 até março deste ano.

O que será mantido

Além desta grande novidade, Araucária também vai manter a integração gratuita com as linhas metropolitanas, a passagem gratuita aos domingos, a isenção da tarifa para estudantes da rede pública e adultos que levam e buscam estudantes até 12 anos na escola e a internet gratuita nos ônibus. 

Para a Prefeitura de Araucária, os investimentos nesta área se justificam pelo caráter de serviço essencial e de impacto direto na qualidade de vida dos moradores da cidade. 

Valor de R$ 2,65

O valor de R$ 2,65 será cobrado no acesso aos ônibus do Triar e nos terminais da cidade (Central e Angélica). Segundo a prefeitura, a redução no valor só aconteceu porque o município conseguiu reduzir a tarifa de transporte coletivo local ainda em 2017, quando revisou contratos de transporte da área e conseguiu reduzir os custos.

De acordo com a Superintendência de Transporte Coletivo de Araucária, até o ano de 2016 o município bancava cerca de R$ 45 milhões por ano no transporte. Mas, atualmente, contando com essa nova redução na tarifa e com os benefícios implantados desde 2017, o custo para manter o sistema deve chegar a R$ cerca de 25 milhões, ou seja, uma redução de aproximadamente 20 milhões.

Para a prefeitura, a redução na tarifa do transporte coletivo foi possível graças ao apoio da Câmara Municipal que devolveu recursos economizados em 2018. O projeto de lei que destina parte desses recursos para o transporte coletivo já está na Câmara.

Internet de graça

Outro investimento no transporte coletivo local foi o sinal gratuito de internet. Enquanto o usuário se desloca pela cidade, é possível aproveitar o sinal de wi-fi gratuito para ler notícias, acessar e-mails, conversar via mensagens instantâneas, entre outros benefícios que a internet oferece.

Além disso, stão sendo implantados 500 novos pontos de ônibus em diversas regiões da cidade, e houve também uma reorganização de linhas e aumento da frota com cinco novos ônibus, o que visa otimizar a logística de transporte e reduzir o tempo de espera.

Integração temporária

Outra boa notícia do transporte coletivo de Araucária é a possibilidade do usuário poder, mediante uso do cartão Triar, desembarcar e embarcar em uma outra linha de ônibus sem precisar pagar nova tarifa e sem ir a um dos terminais da cidade. A integração temporal, que está em teste no momento, permite a gratuidade em até dois ônibus de linhas diferentes durante o período de uma hora após a utilização do cartão Triar no 1º veículo.

A novidade, na prática, faz com que um ponto de ônibus funcione como um terminal de integração. Segundo a Superintendência de Transporte Coletivo de Araucária, a integração temporal deve encurtar o tempo de deslocamento dos usuários pela cidade já que muitos vão poder trocar de linha gratuitamente sem precisar ir aos terminais.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.