Brasil

Fies vai ter cobranças suspensas por causa da pandemia, garante ministro

Lucas
Lucas Sarzi
Fies vai ter cobranças suspensas por causa da pandemia, garante ministro
Foto: Reprodução.

18 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 18 de abril de 2020 - 00:00

A suspensão da cobrança do Fies, o Fundo e Programa de Financiamento Estudantil, deve ser divulgada nos próximos dias. A informação foi divulgada pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante live em uma rede social. A proposta de suspender as cobranças do Fies se deu por causa dos efeitos da pandemia de coronavírus.

Weintraub Garantiu que o governo vai suspender temporariamente o pagamento do Fies e que a regulamentação do adiamento está em fase final de tramitação no ministério. Inicialmente, a suspensão vai ser por 60 dias, podendo ser prorrogada por mais 60.

“Já está encaminhado o pedido, tramitando no Ministério da Economia e no MEC. Serão 60 dias e, se precisar mais 30 e, depois, mais 30″, detalhou o ministro.

Suspensão da cobrança do Fies

A suspensão da cobrança do Fies valeria para os contratos firmados antes da vigência do estado de calamidade pública. Essa suspensão pode ser aplicada tanto para quem tem o financiamento e já concluiu seus cursos quanto para os estudantes que ainda não concluíram.

A ideia é que seja suspenso em duas parcelas para os contratos em fase de utilização ou carência; e quatro parcelas para os contratos em fase de amortização. O texto diz ainda que o Poder Executivo poderá prorrogar os prazos.