Notícias

Homem que matou irmãs em São Sebastião do Amoreira tem prisão preventiva decretada

Mulher havia se separado do suspeito há oito dias

Guilherme
Guilherme Becker / Editor

6 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:44

A Polícia Civil indiciou e pediu a prisão preventiva do homem suspeito de matar duas irmãs dentro da casa delas em São Sebastião do Amoreira, no norte do Paraná. O inquérito foi concluído nesta quinta-feira (5) e o ex-marido de uma das vítimas foi indiciado por feminicídio e homicídio por motivo torpe, fútil e cruel.

O caso ocorreu no dia 7 de novembro, deste ano. Em depoimento, primeiramente, o suspeito negou o crime, porém, em nova declaração ele assumiu que agiu sem pensar

Irmãs são mortas em São Sebastião do Amoreira

O feminicídio aconteceu por volta das 12h30 do dia 7 de novembro. Um homem invadiu a casa onde a ex-mulher, Leonice Rodrigues da Silva, estava morando com a filha de 16 anos, após a separação. Na mesma residência morava a irmã da mulher, Creuza Rodrigues da Costa, de 49 anos, com o marido.

Dentro da casa, o suspeito encontrou a ex-mulher e a ex-cunhada, além da filha adolescente que era sua enteada. Bastante agressivo, o homem atacou as mulheres com uma faca e acabou matando as duas irmãs. Desesperada, a adolescente correu para a rua e pediu socorro. No momento do crime, o marido de Creuza não estava na casa.

Após cometer o crime, o suspeito fugiu pelas ruas de São Sebastião da Amoreira. Entretanto, se apresentou na delegacia horas depois.

Suspeito indiciado

O delegado Felipe Akio de Souza Hirata informou que o inquérito apresenta evidências suficientes para a prisão preventiva do suspeito. Além disso, o homem já possui passagem por feminicídio, quando ainda tinha menos de 18 anos.

Desta vez, o homem reconhecido como Odair, foi indiciado por feminicídio e homicídio por motivo torpe, fútil e cruel.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.