Notícias

Suspeito de mandar matar pedreiro em obra no São Braz é preso

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de junho de 2016 - 00:00 - Atualizado em 20 de junho de 2016 - 00:00

Homem foi morto em frente ao local de trabalho (Foto: Colaboração)

Segundo a Polícia, a morte do pedreiro foi motivada por causa de uma dívida de R$ 800

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (20) o homem suspeito de encomendar a morte do pedreiro Alexandre Bispo de Souza, de 27 anos. O crime aconteceu no dia 4 de maio, em frente à obra onde trabalhava no bairro São Braz, em Curitiba.

De acordo com os investigadores, Jacemir Ferreira Machado, de 46 anos, teria mandado assassinar o trabalhador por causa de uma dívida de R$ 800. O homem já tem várias passagens pela e usava tornozeleira eletrônica quando encomendou a morte do pedreiro.

A delegada Sabrina Alexandrino, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que investiga o crime, explicou que o pedreiro teria contratado o sobrinho do mandante do crime para trabalhar como servente em uma obra e não teria pago o valor acordado com ele. “Temos indícios de que Jacemir foi o mandante deste crime, mas ainda precisamos identificar quem é o atirador. Sabemos apenas que ele responde pelo apelido de “Bolacha””, disse a delegada.

O pedreiro Alexandre não tinha passagens pela polícia e, segundo os colegas de trabalho, era um homem trabalhador. No dia do crime, a polícia levantou a informação de que a vítima teria se desentendido com um ex-presidiário alguns dias antes e foi jurado de morte.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.