Segurança

Suspeito de esfaquear esposa e enteado fazia declarações de amor na internet: “Juntos até o fim”

A única sobrevivente dos ataques foi a filha do casal, de dois anos, que ficou trancada sem ferimentos por quase 24 horas na mesma casa que os cadáveres

Aline
Aline Taveira / Produtora
Suspeito de esfaquear esposa e enteado fazia declarações de amor na internet: “Juntos até o fim”
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

2 de setembro de 2021 - 07:42 - Atualizado em 2 de setembro de 2021 - 07:46

Eliseu de Castro da Silva, de 31 anos, é o principal suspeito de matar a esposa e o enteado a facadas na noite da última terça-feira (31), em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. Nas redes sociais, no entanto, o clima era de amor e declarações de afeto para a família.

cantora gospel Ivanilda de Magalhães de Castro, 32 anos, mais conhecida como “Vany Magalhães“, e um de seus filhos, Renan de Magalhães Ribeiro, de 9 anos, vítimas do crime, e a filha de dois anos do casal, eram personagens frequentes das postagens do suspeito nas redes sociais. No último dia 22 de agosto, 11 dias antes do crime, Elizeu chegou a postar a seguinte declaração para a família:

“Minha linda família! Presente de Deus, não existe bem maior”, publicou o suspeito em uma rede social.

Elizeu fugiu e ainda não foi localizado pela polícia.

O crime

cantora gospel Ivanilda de Magalhães de Castro, 32 anos, mais conhecida como “Vany Magalhães“, e um de seus filhos, Renan de Magalhães Ribeiro, de 9 anos foram encontrados mortos a facadas, na tarde desta quarta-feira (01). A filha do casal, de dois anos, foi a única sobrevivente do atentado e ficou trancada, sem ferimentos, dentro da casa até que alguém ouvisse seu choro e encontrasse os cadáveres.