Notícias

Suspeita de mandar matar amiga em Campo Mourão é presa em Apucarana

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

8 de fevereiro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 8 de fevereiro de 2019 - 00:00

Mulher que pode ter mandado matar a amiga em Campo Mourão é re presa. (Foto: Reprodução/RICTV)

A vítima foi morta em janeiro e, segundo a polícia, a motivação do crime seria uma dívida de pouco mais de R$1 mil

Uma jovem suspeita de ter encomendado a morte da sua amiga Elizângela Ramalho, 38 anos, em Campo Mourão, no centro-oeste do Paraná, foi presa em Apucarana, no norte do estado. Jhenifer Oliveira Dias de Souza era considerada foragida pela polícia. A suspeita nega o crime.

Mandou matar a amiga

O assassinato de Elizângela ocorreu na noite de 9 de janeiro. Na ocasião, o crime foi flagrado por uma câmera de segurança. Nas imagens, é possível ver que a vítima andava por uma rua do conjunto habitacional Lar Paraná quando dois rapazes que seguiam na direção contrária se aproximaram e dispararam várias vezes, à queima-roupa, em sua direção. (Assista abaixo)

O assassinato de Elizângela foi filmado. (Foto: Reprodução/Câmera de segurança)

Na mesma noite, dois jovens, de 22 e 27 anos, foram presos como suspeitos de serem os executores do crime. Com eles foi apreendida uma pistola 380 e um revólver 38. Um das armas foi usada para matar a mulher. Eles também negaram qualquer tipo de participação.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Elizângela pouco mais de R$1 mil em drogas para a amiga e suposta mandante do crime. Jhenifer, que dona de um salão de beleza, foi ouvida e afirmou que a dívida existia, mas era relacionada ao salão de beleza e não a entorpecentes.

Assista ao vídeo sobre o caso:

O Cidade Alerta Maringá contou todos os detalhes.

 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.