Notícias

Suposto incêndio em Araucária era procedimento controlado da Petrobras

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

21 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 21 de novembro de 2018 - 00:00

Imagens foram registradas por moradores a quilômetros de distância da Repar (Foto: Ney francesch)

Suposto incêndio em Araucária era procedimento dentro da refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar)

Um suposto incêndio em Araucária nesta quarta-feira (21), na região metropolitana de Curitiba (RMC), assustou moradores que entraram em contato com o Portal RIC Mais. Chamas foram vistas saindo de dentro da refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) e percebidas a quilômetros de distância.

De acordo com a assessoria da empresa, ocorreu um procedimento padrão no sistema de compressão de uma das unidades – o que ocasionou as chamas, devido ao sistema de alívio da tocha. No entanto, “não houve impacto às instalações, pessoas e comunidade”. Ainda segundo a Petrobras, equipe técnica da Repar restabeleceu a operação de equipamento do sistema de compressão da Unidade de Craqueamento até o fim da tarde. Veja imagens!

União das Associações de Moradores de Araucária

Incêndio Araucária: moradores foram avisados

A União das Associações de Moradores de Araucária recebeu o aviso da empresa sobre os procedimentos realizadas nesta quarta-feira. O recado foi transmitido aos moradores para que não ficassem assustados com as chamas, de acordo com presidente da instituição Luiz Carlos Kaill.

 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.