Notícias

Suposto cafetão é preso após esfaquear comerciante em briga

As agressões aconteceram dentro da loja da vítima, no centro de Curitiba

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Suposto cafetão é preso após esfaquear comerciante em briga
O suposto cafetão foi surpreendido pela PM durante as agressões e preso (Foto: Paulo Fischer/RICTV Record TV)

17 de agosto de 2019 - 00:00 - Atualizado em 17 de agosto de 2019 - 00:00

Um suposto cafetão foi preso após esfaquear um comerciante durante uma briga no centro de Curitiba, na noite desta sexta-feira (16). Segundo a Polícia Militar (PM), a discussão foi iniciada por causa de uma dívida.

Suposto cafetão foi cobrar dívida

De acordo com a PM, o suposto cafetão, identificado como ‘Gabriel’, invadiu a loja da vítima e partiu para cima do comerciante com uma faca. A tentativa de assassinato não foi concluída porque a polícia chegou durante as agressões.

“A equipe se deslocou rapidamente e encontrou a porta entreaberta. Momento esse que abrimos a porta, localizamos uma pessoa toda ensanguentada caída na porta”, contou o Cabo Zapszalka.

O homem esfaqueado, de 39 anos, foi encaminhado para o Hospital Evangélico com ferimentos moderados. O suposto cafetão foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes, onde aguarda à disposição da Justiça.

Programa sexual foi a motivação das agressões

Ainda segundo informações da PM, a briga foi iniciada depois de um programa sexual feito pelo comerciante e uma garota de programa que era gerenciada pelo suposto cafetão.

“O autor veio cobrar uma dívida…que a vítima estaria devendo para uma mulher. O que eles nos passaram é que a vítima havia saído com essa garota de programa e não sei por qual motivo, ela saiu do local e ele veio cobrar a dívida”, concluiu o militar.

Em sua defesa, a vítima afirmou que foi roubada pela mulher durante o programa sexual e, por isso, não pagou o valor combinado.