Notícias

STF autoriza diligências no inquérito que investiga ministro da Saúde

Reuters
Reuters
STF autoriza diligências no inquérito que investiga ministro da Saúde
Ministro Eduardo Pazuello fala em sessão no Senado

15 de fevereiro de 2021 - 18:07 - Atualizado em 15 de fevereiro de 2021 - 18:10

BRASÍLIA (Reuters) – O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou nesta segunda-feira diligências da Polícia Federal em inquérito que investiga suposta omissão da gestão do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, relacionada à pandemia de Covid-19 em Manaus, conforme documento visto pela Reuters.

O pedido foi feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras, que argumentou a necessidade de ouvir novas testemunhas, tais como representantes da empresa fornecedora de gás hospitalar em Manaus e também de servidores públicos.

A PF abriu inquérito contra o ministro ao final de janeiro, para apurar questões relacionadas à segunda onda da Covid na capital do Amazonas, com explosão de casos, superlotação dos hospitais e falta de oxigênio, o que levou alguns pacientes hospitalizados a morrerem sufocados.

Trata-se da a primeira investigação criminal contra uma autoridade federal em razão da pandemia de Covid-19.

Conforme a decisão do ministro, foi autorizado acesso a troca de e-mails entre envolvidos nas discussões sobre o apoio a Manaus durante a crise na capital amazonense.

(Por Ricardo Brito)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1E149-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.