Economia

S&P mantém rating BBB da Embraer em observação para eventual rebaixamento

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de fevereiro de 2020 - 00:00

A S&P Global Ratings afirma que mantém seu rating BBB da Embraer em observação (CreditWatch) para eventual rebaixamento. A agência diz em nota que a avaliação reflete a aprovação ainda pendente da Comissão Europeia sobre o acordo entre a empresa brasileira e a Boeing.

A S&P diz que a Embraer criou a Yaborã Indústria Aeronáutica em 2019 para manter todos os ativos e passivos da unidade de aviação comercial da Embraer. “A companhia opera atualmente sob gerência da Embraer”, aponta.

Uma vez que o acordo entre a Embraer e a Boeing seja concluído, a divisão será renomeada como Boeing Brasil Comercial, com a Boeing tendo 80% de controle sobre ela.

A Comissão Europeia pode estender para além de 30 de abril o prazo para decidir sobre o acordo, diz a S&P. Se não houver aval, o órgão regulador europeu pode pedir medidas das empresas, comenta. Isso levaria a uma nova avaliação e atrasaria mais a conclusão do acordo, segundo a agência.

A S&P afirma que pretende resolver a questão da observação para eventual rebaixamento do rating assim que a Comissão Europeia aprovar o acordo e a transação estiver concluída.

Além disso, enfatiza em sua nota que o comunicado de hoje sobre o assunto não constitui uma ação de rating.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.