Notícias

Southgate diz que torcedores ingleses podem intimidar Itália, mas não devem vaiar hino

Reuters
Reuters

11 de julho de 2021 - 14:34 - Atualizado em 11 de julho de 2021 - 14:34

(Reuters) – O treinador da seleção da Inglaterra, Gareth Southgate, disse que os torcedores do time podem tentar intimidar a Itália, mas devem manter o respeito e não vaiar o hino nacional daquele país antes da final da Euro 2020 no estádio de Wembley neste domingo.

Alguns torcedores ingleses vaiaram quando o hino nacional da Dinamarca foi tocado antes da semifinal. Vaias também foram ouvidas quando o hino alemão foi tocado em Wembley, na ocasião em que a Inglaterra derrotou a seleção de Joachim Loew nas oitavas de final.

A Uefa, órgão que comanda o futebol europeu, multou a Federação Inglesa de Futebol em 30 mil euros (35,61 mil dólares), depois que um apontador laser foi apontado na direção do goleiro da Dinamarca, Kasper Schmeichel.

“É importante que nossos torcedores sempre respeitem o adversário e sabemos que, na verdade, quando jogamos no exterior e os torcedores vaiam nosso hino, isso provavelmente nos inspira ainda mais, então não acho que isso vá ajudar o time”, disse Southgate a jornalistas no sábado.

“Acho que podemos intimidar o time com vaias durante o jogo, mas é diferente para o hino. Acho que devemos ser respeitosos.”

O ex-jogador da seleção inglesa Gary Lineker fez um pedido semelhante aos torcedores do país na semana passada.

“Se você tiver a sorte de conseguir um ingresso para a final, por favor, não vaie o hino italiano”, Lineker tuitou na quinta-feira. “É absolutamente bonito e vale a pena ouvir. (Vaiar) é muito rude, desrespeitoso e totalmente sem classe.”

A Inglaterra não vence um torneio importante desde sua conquista solitária de Copa do Mundo em 1966 e o país está ansioso para encerrar esta espera neste domingo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.