Segurança

Sobe para 331 número de mortos civis na Ucrânia, diz ONU

Entre os 331 mortos estavam 19 crianças

Reuters
Reuters
Sobe para 331 número de mortos civis na Ucrânia, diz ONU
Prédio destruído por disparos de artilharia em Irpin, na região de Kiev, na Ucrânia

4 de março de 2022 - 11:36 - Atualizado em 22 de março de 2022 - 15:42

(Reuters) – O escritório de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) disse nesta sexta-feira (4) ter confirmado que 331 civis foram mortos e 675 feridos na Ucrânia desde que a invasão russa começou em 24 de fevereiro, acrescentando que o custo real provavelmente é muito maior.

O número de mortos, até a meia-noite de quinta-feira (3), subiu ante as 249 reportadas no relatório anterior de um dia antes. Entre os 331 mortos estavam 19 crianças, disse o escritório de direitos humanos da ONU.

A maioria das vítimas foi morta por armas explosivas como bombardeios de artilharia pesada, sistemas de mísseis e ataques aéreos e de mísseis, de acordo com o escritório, que tem monitores na Ucrânia.

(Reportagem de Emma Farge)