Notícias

Sinovac testará uso da CoronaVac em crianças na África do Sul em estudo global

Reuters
Reuters
Sinovac testará uso da CoronaVac em crianças na África do Sul em estudo global
Agente de laboratório segura frasco da vacina contra a Covid-19 da Sinovac em Cairo

9 de setembro de 2021 - 11:33 - Atualizado em 9 de setembro de 2021 - 11:36

Por Alexander Winning

JOANESBURGO (Reuters) – A Sinovac Biotech da China testará sua vacina contra a Covid-19, a CoronaVac, em crianças e adolescentes na África do Sul como parte de um estudo global de Fase III, informaram a farmacêutica Sinovac e o parceiro local Numolux Group nesta quinta-feira.

O estudo irá avaliar a eficácia, imunogenicidade e segurança da CoronaVac em crianças e adolescentes com idade entre 6 meses e 17 anos, disseram as empresas em um comunicado.

O teste, de abrangência global, envolverá 14 mil participantes pelo Chile, Filipinas, Malásia, Quênia, incluindo 2 mil na África do Sul, disseram. O ensaio foi aprovado pela Sahpra, reguladora de medicamentos da África do Sul, e a primeira criança será vacinada na Unidade de Pesquisa Clínica da MeCRU, com sede na Universidade de Ciências da Saúde Sefako Makgatho, na sexta-feira. “O principal objetivo do estudo é avaliar a eficácia de duas doses da CoronaVac contra casos sintomáticos confirmados de Covid-19 em crianças e adolescentes… a eficácia também será avaliada contra hospitalização e casos graves de Covid-19”, disseram Sinovac e Numolux.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH880QB-BASEIMAGE