Notícias

Seguro desemprego | Confira as regras para retirar o benefício

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

6 de maio de 2019 - 00:00 - Atualizado em 6 de maio de 2019 - 00:00

Mais de 80 mil pessoas foram demitidas no primeiro trimestre de 2019 no Paraná e agora estão em busca do Seguro Desemprego. O dado é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED). Assista a uma entrevista especial,  com gerente da Agência do Trabalhador, para o Paraná do Ar no final da matéria!

Seguro desemprego é fundamental para muitos

O seguro desemprego é um benefício cedido pelo poder público para os trabalhadores que se encontram desempregados que foram demitidos sem justa causa. Assim, funciona como uma renda extra para auxiliar as pessoas nesse período. Funciona como uma assistência temporária.

Mutirão de seguro desemprego

Alguns mutirões são realizados com o intuito de auxiliar as pessoas que querem ir atrás do benefício do seguro desemprego. Afinal, esse auxílio acaba sendo muitas vezes a forma de sustento de inúmeras famílias. Uma dessas ações aconteceu no primeiro semestre de 2019 na cidade de Curitiba e 800 trabalhadores foram atendidos.

Dados do Paraná em relação ao seguro desemprego

O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) trouxe números sobre a relação de desempregados no estado do Paraná. Segundo a pesquisa, pode-se apontar que mais de 80 mil pessoas foram demitidas no primeiro trimestre de 2019

Regras do seguro desemprego

Os trabalhadores que têm direito ao benefício do seguro desemprego, são aqueles que foram desligados sem justa causa. Porém, existem alguns critérios a serem seguidos.

Alguns critérios do seguro desemprego

Confira alguns dos critérios necessários para a retirada do benefício:

  • O trabalhador que tem direito ao seguro é aquele que foi desligado sem justa causa;
  • 1ª habilitação: O trabalhador precisa ter trabalhado 12 meses nos últimos 18;
  • 2ª habilitação: O trabalhador precisa ter trabalhado 9 meses nos últimos 12;
  • 3ª habilitação: a partir dessa ele só precisa ter 6 meses trabalhados;
  • O mínimo que pode receber é R$998,00 reais;
  • O máximo que pode receber é R$1735,99;
  • Assim, o trabalhador pode receber de 3 a 5 parcelas, dependendo do tempo que ficou na empresa;
  • Em Curitiba e Região Metropolitana é necessário fazer agendamento para o atendimento.

Entrevista sobre o seguro desemprego

Você pode conhecer todos esses fatores na entrevista com o Rafael Santos, gerente da Agência do Trabalhador para o Paraná no Ar. Confira no vídeo!

 

Você ainda possui alguma dúvida sobre o seguro desemprego? Conta pra a gente nos comentários!