Segurança

Youtuber é abordado por policiais e ação gera revolta na internet; veja o vídeo

Jovem estava gravando vídeos de manobras com uma bicicleta em um parque quando recebeu ordens dos militares

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Youtuber é abordado por policiais e ação gera revolta na internet; veja o vídeo
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

29 de maio de 2021 - 14:18 - Atualizado em 29 de maio de 2021 - 14:18

Uma abordagem da Polícia Militar de Goiás (PMGO) causou revolta nas redes sociais e foi apontada como um ato racista. O youtuber e atleta Filipe Ferreira, que é negro, gravava um vídeo enquanto praticava manobras com uma bicicleta em um parque da Cidade Ocidental, quando foi abordado pelos militares. 

Logo que desceram da viatura os dois policiais exigiram que o jovem parasse com as manobras e colocasse as mãos na cabeça. Um dos agentes permaneceu com a arma apontada para o jovem, enquanto que o outro realizou outros procedimentos. Durante toda a ação, o celular de Filipe continuou a gravação.

Assustado com a abordagem, o youtuber chegou a comentar que era trabalhador. Como resposta, um dos policiais ironizou, “é, eu sou vagabundo, eu estou aqui brincando”.

Na sequência, o mesmo policial pediu para que o colega militar algemasse o youtuber. “Pode algemar, resiste para você ver o que vai acontecer contigo”, ameaçou o agente. 

Durante toda a abordagem, os policiais alegaram que o procedimento era normal e caso não fosse respeitado o jovem seria preso. Assista:

Ação criticada

Nas redes sociais vários internautas criticaram a ação dos policiais. O estudante de Direito e defensor dos direitos sociais, Gabriel Eduardo compartilhou o vídeo no Twitter e a gravação já teve mais de 3,8 milhões de visualizações.

Nos comentários, muitas pessoas foram contra e acharam truculenta a abordagem dos militares.

O RIC Mais entrou em contato com a PMGO, mas até o momento não obteve resposta. A reportagem não conseguiu contato com Filipe Ferreira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.