Segurança

Vídeo registra briga entre vice-prefeito de Candói e policiais militares; assista!

O político e um amigo foram presos por resistência, desacato e desobediência; veja o vídeo completo abaixo!

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Vídeo registra briga entre vice-prefeito de Candói e policiais militares; assista!
Foto: Reprodução/RIC Record TV

28 de janeiro de 2021 - 18:05 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 18:09

Policiais militares e Aurimar Teixeira da Rosa, vice-prefeito de Candói, nos Campos Gerais do Paraná, protagonizaram uma briga que viralizou nas redes sociais na última semana. O vídeo foi gravado no município de Marquinho, na mesma região do estado, na tarde do último sábado (23). (Assista abaixo)

Segundo a Polícia Militar, uma equipe realizava patrulhamento quando visualizou na BR-158 um caminhão transitando em “zig zag” e, por várias vezes, na contramão na rodovia.

Durante a abordagem, foi constatado que o veículo era conduzido por um homem de 37 anos, que estava acompanhado por um passageiro, que era o político de Candói. Ainda conforme os policiais que atenderam a ocorrência, o condutor apresentava sinais visíveis de embriaguez como forte odor etílico, olhos vermelhos e se negou a apresentar a documentação. 

Durante a confusão, o motorista teria xingado os policiais com “palavras de baixo calão”, se negado a acompanhá-los até o destacamento militar para lavratura de termo circunstanciado, resistindo a voz de prisão e ainda tentado fugir com o caminhão.

As imagens mostram um dos policiais atirando contra os pneus do veículo para impedir a fuga e o vice-prefeito declarando que ambos estavam apenas trabalhando no transporte de gado. Enquanto Aurimar declara estar sendo alvo de perseguição política, os PMs vão até a viatura e se armam com dois pedaços de pau. 

Além do vice-prefeito e do motorista, outros três homens também aparecem no vídeo tentando amenizar a situação. Ao que tudo indica, eles dirigiam outros caminhões que também transportavam gado. 

Na sequência, o motorista volta a entrar no caminhão e é perseguido por um dos policiais que passa a agredi-lo com a arma branca até quebrar a madeira. 

De acordo com a PM, nesse momento, Aurimar teria se identificado como vice-prefeito e afirmado “que tomaria todas as  medidas necessárias para impedir a equipe de trabalhar naquele município”. 

A bagunça só terminou com a chegada de uma segunda equipe policial que acabou levando tanto o motorista do caminhão como o vice-prefeito de Candói presos

O que diz a PM

Em nota, a PM não confirmou sobre a presença do prefeito na confusão, devido a norma interna, mas disse que “os policiais realizaram o devido cumprimento da nossa legislação com o encaminhamento de todos os envolvidos por resistência, desacato e desobediência, sendo necessário o uso da força para contenção”.

O que diz a Prefeitura de Candói

A Prefeitura de Candói também se manifestou através de nota e ressaltou “prezar pelo respeito à lei e a ordem, bem como aos direitos dos cidadãos”. 

Ainda conforme o comunicado, a conduta do vice-prefeito deve ser analisada pelas autoridades levando em conta que a ocorrência está vinculada a sua vida privada e não a municipalidade. Veja:  

“A abordagem policial realizada com eventual presença do sr. Aurimar Teixeira da Rosa, durante o exercício de suas atividades profissionais, deve ser analisada pelas autoridades responsáveis. 

Cabe à administração municipal apurar qualquer falta feita por agente público do município, no exercício de sua função, os fatos narrados não retratam ação feita em nome da municipalidade, pois estão vinculadas à vida privada do cidadão. 

O município também reconhece que o exercício da autoridade policial deve ser feito dentro da lei, sendo os agentes passíveis de responsabilização em atos, se comprovado eventual excesso, no desempenho de suas funções e que não estejam de acordo com as normas ou representem violação aos direitos dos cidadãos“.

Assista ao vídeo:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.