Segurança

Vídeo flagra mulher sendo ‘engolida’ por buraco na calçada em Colombo; assista

No vídeo, a vítima aparece saindo do carro e, ao pisar na calçada, a estrutura cede, abrindo um buraco fundo. A mulher acaba com a perna completamente “engolida” e recebe a ajuda de familiares

Daniela
Daniela Borsuk com colaboração de Viviane Nonato, da RIC Record TV Curitiba
Vídeo flagra mulher sendo ‘engolida’ por buraco na calçada em Colombo; assista
(Foto: Reprodução/RIC Record TV)

20 de julho de 2021 - 12:14 - Atualizado em 20 de julho de 2021 - 12:14

Câmeras de segurança registraram o momento exato em que uma mulher é praticamente “engolida” por um buraco na calçada da Rua Ângelo Francisco Borato, no bairro Jardim Monza, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O caso aconteceu no dia 9 de junho, mas está se arrastando até hoje: com a queda, o pé da prótese que a mulher usava quebrou e ela ainda está tentando conseguir o ressarcimento dos órgãos responsáveis.

No vídeo, a vítima aparece saindo do carro e, ao pisar na calçada, a estrutura cede, abrindo um buraco fundo. A mulher acaba com a perna completamente “engolida” e recebe a ajuda de familiares. Poucos segundos antes, ela havia entregue o bebê para a mãe, que segurava a criança no colo. Apesar do susto, uma tragédia ainda maior poderia ter acontecido. Ao cair no buraco bruscamente, o pé da prótese que a mulher usava quebrou.

Veja o vídeo do momento em que a calçada cede:

Depois do incidente, a mulher procurou a Sanepar, que falou que a questão tinha que ser tratada com a Prefeitura. A Prefeitura, por sua vez, afirmou que a empresa responsável era a Sanepar. Finalmente, a Sanepar fez o reparo na calçada, mas ao entrar com um processo para ressarcimento do valor da prótese danificada – que é de aproximadamente R$ 13 mil – a empresa alegou que o problema não tinha sido gerado por eles.

Ao ser procurada pela equipe de reportagem da RIC Record TV, a Sanepar informou que o problema foi na galeria pluvial, que é responsabilidade da prefeitura. “A Sanepar fez o atendimento, abriu o calçamento para ver a tubulação e constatou que é galeria pluvial e então acionou a Prefeitura, que foi quem fez o conserto”, disse a assessoria da empresa.

A Prefeitura de Colombo também foi procurada pela RIC, mas ainda não se manifestou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.