Segurança

Vídeo flagra abordagem truculenta da PM: “se não tivesse essas câmeras, eles tinham matado a gente”, diz comerciante

No início da abordagem, apenas quatro policiais estavam no local. No entanto, os agentes pediram reforços, mobilizando pelo menos nove viaturas e cerca de 20 policiais para a ação

Daniela
Daniela Borsuk com informações da repórter Fernanda Scholze, da RIC Record TV Curitiba
Vídeo flagra abordagem truculenta da PM: “se não tivesse essas câmeras, eles tinham matado a gente”, diz comerciante
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV Curitiba)

21 de junho de 2021 - 13:37 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 13:37

Uma abordagem de perturbação do sossego registrada por volta das 23h da noite de sexta-feira (18), em uma panificadora localizada na Rua Arthur Euclides de Moura, no bairro Xaxim, em Curitiba, terminou com a reclamação de comerciantes devido à violência dos policiais militares que atenderam a ocorrência. A situação foi flagrada por câmeras de segurança.

Conforme os comerciantes, que estavam reunidos com parentes jogando truco na panificadora da família, a Polícia Militar chegou até o local após uma denúncia de vizinhos por causa de som alto. Um dos homens, que posteriormente foi detido e encaminhado para a delegacia, contou que ficou assustado com a forma como os agentes chegaram e fechou a porta para que eles não entrassem.

Os PMs teriam então entrado à força na panificadora e, como é possível ver o vídeo, começam uma ação com uso desproporcional de violência, de forma truculenta.

Veja o vídeo:

Um dos comerciantes contou para a equipe da RIC Record TV Curitiba que achou que iria morrer ao ser imobilizado por um dos agentes. Ele conta que levou um mata-leão, desmaiou e, ao acordar, já estava no camburão da PM.

“Eu mostrava, ‘ó, tem câmera’, porque vocês estão fazendo isso?’, se não tivesse essas câmeras aí, eles tinham matado a gente”.

disse o homem.

No início da abordagem, apenas quatro policiais estavam no local. No entanto, os agentes pediram reforços, mobilizando pelo menos nove viaturas e cerca de 20 policiais para a ação.

Dois dos comerciantes foram detidos e encaminhados para a delegacia.

Em nota, a Polícia Militar informou que a dupla não acatou as ordens dos policiais e que foram autuados por perturbação do sossego, infração de medida sanitária, descato e desobediência.

Veja a nota da PM na íntegra:

“De acordo o Boletim de Ocorrência, uma equipe policial do 13° Batalhão de Polícia Militar foi até um estabelecimento comercial na rua Arthur Euclides de Moura, no bairro Xaxim, por volta de 23 horas de sexta-feira (18/06), atendendo uma denúncia de perturbação do sossego. 

Os policiais militares conversaram com dois homens, de 34 e 42 anos, os quais não faziam uso de máscara facial, para que encerrassem a aglomeração e desligassem o som, mas a dupla não acatou a equipe policial  e, segundo o Boletim de Ocorrência, fechou a porta do estabelecimento e se negou a acatar as orientações. 

Os policiais militares tiveram apoio de mais equipes para encaminhar os homens para lavratura de Termo Circunstanciado por perturbação do sossego, infração de medida sanitária, descato e desobediência. Após a confecção do Termo, ambos foram liberados e devem se apresentar ao juiz posteriormente.”

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.