Segurança

VÍDEO: Assaltantes invadem casa de repouso e ameaçam cuidadoras com uma arma

De acordo com a proprietária, uma das plantonista que presenciou o ocorrido não deseja mais trabalhar durante o turno da noite devido ao medo passado na madrugada desta segunda (24)

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária

25 de maio de 2021 - 20:22 - Atualizado em 25 de maio de 2021 - 20:27

Dois assaltantes invadiram uma casa de repouso no bairro Rio Pequeno, em São José dos Pinhais, na madrugada de segunda-feira (24), e ameaçaram duas cuidadoras de plantão com uma arma de fogo. Alguns idosos que presenciaram a cena pareciam não entender exatamente o que estava acontecendo.

Logo ao entrarem no local, a Associação São José Casa de Repouso para Idosos, os criminosos abordaram uma plantonista que estava no banheiro dando banho em uma senhora. Em seguida, outra cuidadora que estava no quarto com outros idosos, foi surpreendida, ameaçada e trancada no banheiro também.

Após isso, os dois bandidos invadiram outros cômodos, nos quais roubaram duas TVs, um microondas, um computador que estava no escritório, além de dois celulares que pertenciam às funcionárias.

Toda a ação foi filmada pelas câmeras de segurança do local.

De acordo com a proprietária da Associação São José Casa de Repouso para Idosos, localizada na rua Elliud Alves Pereira n° 300 no Quississana, apesar de ninguém ter ficado ferido, o susto foi tão grande que uma das plantonista que presenciou o ocorrido não deseja mais trabalhar durante o turno da noite.

A outra cuidadora que também presenciou o acontecimento disse que a casa lar registrou boletim de ocorrência e que realmente não imaginam quem possam ser os dois criminosos.

Investir na segurança

Agora, a Associação que abriga cerca de 30 idosos, tem como objetivo aumentar a segurança de todos, elevando os muros do local. Entretanto, a proprietária diz não tem recursos para isso e pede ajuda.

“Dois pedreiros se propuseram a erguer o muro, recebemos uma doação de mil tijolos, mas agora eles estão fazendo o orçamento para ver o que falta”,

conta a proprietária.

Quem puder ajudar pode entrar em contato pelo telefone: (41) 3586-1022.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.