Segurança

Vereador de Palmas é investigado por prática de ‘rachadinha’

Com o apoio da Polícia Militar, o MPPR cumpriu nesta manhã quatro mandados de busca e apreensão na Câmara Municipal de Palmas e nas residências do vereador investigado

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com informações do MPPR e supervisão da editora Giselle Ulbrich
Vereador de Palmas é investigado por prática de ‘rachadinha’
Foto: Divulgação Jucepar

9 de junho de 2021 - 20:51 - Atualizado em 9 de junho de 2021 - 20:51

O Ministério Público do Paraná (MPPR) informou que quatro mandados de busca e apreensão em nome de um vereador de Palmas, município localizado na região centro-sul do estado, foram cumpridos na manhã desta quarta-feira (9).

De acordo com a investigação do MPPR, as suspeitas são de que o vereador, que não teve seu nome citado, tenha participado de um esquema de “rachadinha” em 2018, o qual, ele e sua esposa, teriam desviado parte do salário da assessora parlamentar. Segundo a denúncia, a assessora sabia do esquema e teve sua nomeação e manutenção no cargo em troca do repasse mensal do salário que recebia.

Dia marcado por buscas

Com o apoio da Polícia Militar, os mandados de busca e apreensão foram cumpridos na Câmara Municipal de Palmas e nas residências do vereador investigado, além da de sua ex-assessora parlamentar.

As ordens judiciais foram expedidas pela Vara Criminal da Comarca de Palmas e se comprovadas as denúncias, os fatos podem configurar os crimes de peculato ou de concussão, ambos com pena de reclusão de dois a doze anos, além de multa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.