Segurança

Idoso de 75 anos é detido com veículo clonado, em Curitiba

Delegacia de Furtos e Roubos recebeu uma denúncia anônima e encontrou o veículo irregular em um estacionamento da capital; carro havia sido roubado em 2019 e teve as placas adulteradas

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
Idoso de 75 anos é detido com veículo clonado, em Curitiba
(Foto: Colaboração)

16 de junho de 2021 - 11:10 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 11:10

Um idoso, de 75 anos, foi detido nesta terça-feira (15) após se apresentar como proprietário de um veículo clonado, em Curitiba. Membros da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) receberam uma denúncia anônima e encontraram o carro que estava com sinais de adulteração.

De acordo com a investigação, o carro havia sido roubado em 2019 e teve as placas e o chassi adulterado. Durante a abordagem em um estacionamento no Centro de Curitiba, um idoso se apresentou como dono do veículo e relatou que não sabia que o carro era adulterado

“Primeiro falou que tinha comprado, depois revelou que adquiriu o veículo em um negócio e que não sabia que o carro era adulterado […] Foi arbitrado fiança, ele não pagou, mas na sequência foi expedido alvará de soltura”,

comentou o delegado João Marcelo Renk.

Agora o idoso irá responder em liberdade pelo crime de receptação, pois não soube informar quem era o proprietário anterior.

Veículo clonado

Logo após a localização do veículo da marca Peugeot com placas adulteradas, a DFRV fez contato com o dono de um carro com as mesmas características e placa idêntica. O homem compareceu até a sede da delegacia e apresentou o automóvel com documento original.

“O dono do veículo contou que comprou o veículo e agora estava tentando fazer a transferência, porém não estava conseguindo no Detran devido a várias multas, que ele não reconhece. Algumas delas foram feitas inclusive fora do Paraná. Ele sabia que tinha outro veículo com as mesmas características que o dele”,

destacou o delegado.
(Foto: Colaboração)

O veículo recuperado pela Polícia Civil será submetido a perícia e então devolvido ao verdadeiro dono.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.