Segurança

Uma hora após acidente com ônibus do Umuarama Futsal, engavetamento deixa sete feridos na BR-376

O engavetamento envolveu 10 veículos e deixou sete vítimas. Cinco pessoas tiveram ferimentos leves, uma pessoa teve lesões moderadas e uma vítima foi socorrida em estado grave

Daniela
Daniela Borsuk com informações da PRF
Uma hora após acidente com ônibus do Umuarama Futsal, engavetamento deixa sete feridos na BR-376
(Foto: Reprodução/ ND Mais)

8 de julho de 2021 - 12:13 - Atualizado em 8 de julho de 2021 - 16:55

Um engavetamento envolvendo 10 veículos foi registrado na manhã desta quinta-feira (8), cerca de uma hora após o acidente com o ônibus do Umuarama Futsal que deixou dois mortos, registrado no mesmo trecho da BR-376, em Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

De acordo com as primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), a segunda colisão aconteceu no Km 660 da BR-376, por volta das 9h40. O engavetamento envolveu 10 veículos e deixou sete vítimas. Cinco pessoas tiveram ferimentos leves, uma pessoa teve lesões moderadas e uma vítima foi socorrida em estado grave.

Leia mais: Acidente com ônibus deixa mais de 20 pessoas feridas na BR-376, em Tijucas do Sul

Veja também: PRF confirma duas mortes em acidente com ônibus de time de futsal, na BR-376

Veja o vídeo:

Devido ao acidente, a pista sentido Santa Catarina foi totalmente interditada, sem previsão de liberação.

Ônibus do Umuarama Futsal

O acidente envolvendo o ônibus do Umuarama Futsal, um caminhão e um carro deixou dois mortos e 20 feridos, sendo dois deles em estado grave. O ônibus tombou na pista na altura do Km 667 da BR-376, por volta das 8h30.

Os feridos foram encaminhados para o hospital São José, em Joinville, e para o Pronto Atendimento de Garuva.

Atualização

Conforme a última atualização da PRF, os veículos envolvidos no engavetamento são nove, e se tratam de três carros, duas caminhonetes e quatro caminhões.

No engavetamento, sete pessoas não se feriram, duas tiveram ferimentos moderados e duas pessoas tiveram apenas lesões leves.

“Preliminarmente, o caminhão que causou o acidente no km 660 estava com o sistema de freios deficiente, além da velocidade, acima do permitido para o local, que é de 60 km/h, impossibilitando a sua parada com segurança, causando o segundo acidente da manhã na BR-376. Nas fotos, é possível verificar que não há lona de freio na roda direita e há pouca lona na última roda esquerda”.

Informou a PRF em nota.
Foto mencionada pela PRF (Foto: PRF)


Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.