Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem RIC Record TV, Curitiba

22 de maio de 2020 - 00:00

Atualizado em 22 de maio de 2020 - 00:00

0 Comentários
Curitiba

Polícia Civil prende suspeito de esfaquear motorista de aplicativo na Grande Curitiba

Crime aconteceu no dia 31 de março e suspeito seria conhecido da vítima

Polícia Civil prende suspeito de esfaquear motorista de aplicativo na Grande Curitiba

A Polícia Civil da Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, prendeu nesta quinta-feira (21) um dos suspeitos de esfaquear o motorista de aplicativo Richard, no dia 31 de março. De acordo com a vítima, que chegou a passar 11 dias hospitalizado, dois homens participaram da ação. Após a prisão de Igor Henrique, agora a investigação continua na busca pelo outro suspeito.

A delegacia da Fazenda Rio Grande também procura entender a motivação do crime e se trata-se de um roubo seguido por agressão grave ou tentativa de homicídio. Após ser preso, Igor Henrique contou, de maneira informal aos investigadores, que era amigo da vítima nas redes sociais. Depois de ser golpeado com um canivete, a vítima chegou a revelar o nome de Igor para a equipe médica que realizou o atendimento.

suspeito esfaquear motorista aplicativo

Suspeito é detido (FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

Motorista de aplicativo e suspeito se conheciam

50 dias após o crime, a Polícia Civil segue investigando o caso na Fazenda Rio Grande. No dia 31 de março, Richard pegou dois passageiros para uma corrida e antes de chegar ao destino foi atingido por diversos golpes de canivete. A vítima conseguiu sair do carro, porém, os dois homens perseguiram o motorista e somente depois de desferir mais golpes, principalmente na região da cabeça, fugiram com o carro.

Richard ficou caído em frente a uma casa e precisou ser encaminhado em estado grave. Após oito dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o motorista ficou mais três dias no hospital. Enquanto era socorrido, a vítima chegou a revelar que um dos autores do crime era um conhecido, chamado Igor Henrique.

No final da tarde desta quinta-feira (21), os investigadores localizaram o suspeito e realizaram a prisão. Segundo o delegado Braga Junior, o homem confessou a autoria do crime.

“Disse que o motivo seria um sentimento entre eles no interior do veículo. Que ele não queria matar, nem subtrair o veículo”, contou o delegado, que ressaltou que o interrogatório com o suspeito ainda será marcado.

Confira mais detalhes:

Newsletter

Assine nossa newsletter e fique atualizado.

Seta COMENTÁRIOS