Segurança

Suspeito de integrar facção criminosa morre em confronto com o Bope

Conforme o capitão Cruz, o suspeito tinha várias passagens pela polícia e fazia parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC)

Daniela
Daniela Borsuk com informações do repórter Marcelo Borges, da RIC Record TV Curitiba
Suspeito de integrar facção criminosa morre em confronto com o Bope
(Foto: Reprodução/ RIC Record TV)

18 de junho de 2021 - 08:24 - Atualizado em 18 de junho de 2021 - 08:24

Um homem, de 25 anos, suspeito de integrar uma facção criminosa, morreu em um confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar, na madrugada desta sexta-feira (18). O caso aconteceu no cruzamento entre as ruas Rafael Francisco Greca e Pedro Ossoski, no bairro Itajacuru, na área rural de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba.

O suspeito estava sendo monitorado pelos agentes pelo serviço de inteligência. Quando a equipe do Bope chegou para a abordagem, houve um confronto e o suspeito foi baleado. O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

“O indivíduo percebeu a polícia e saiu pelo fundo do terreno, a nossa P2 estava junto e quando foi tentar abordá-lo ele estava com uma arma, houve esse primeiro confronto com a nossa inteligência e, logo na sequência, o apoio da equipe Rone”.

descreveu o capitão Cruz, do Bope.

Além do homem, a esposa e um enteado, uma criança de três anos, também estavam na residência. Na garagem da casa, a polícia encontrou um carro com alerta de furto registrado há 10 dias em Curitiba. Conforme o capitão Cruz, o suspeito tinha várias passagens pela polícia e fazia parte da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.