Segurança

Suspeito de estupro pulou muro de 4m com cerca cortante e está ferido; buscas continuam

A polícia acredita que Jailson esteja ferido e viu marcas de sangue em poças de lama durante as buscas. O homem é suspeito de estuprar uma menina de 11 anos na frente dos irmãos, de 4 e 5 anos

Daniela
Daniela Borsuk com informações da repórter Thais Travençoli, da RIC Record TV Curitiba

As buscas por Jailson Rodrigo Bastos de Lima, de 28 anos, suspeito de estuprar uma menina de 11 anos na frente dos irmãos, de 4 e 5 anos, continuam na tarde desta quinta-feira (1º). Agora, as equipes da Polícia Civil e Polícia Militar fazem um cerco no Parque Verde, em Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba, onde Jailson foi visto pela última vez após fugir da delegacia.

De acordo com a Polícia Civil, o suspeito fugiu da delegacia de Fazenda Rio Grande através da janela basculante do banheiro, atravessou o estacionamento da unidade policial e pulou um muro de aproximadamente quatro metros, com cerca cortante, entre a delegacia e o quartel do Corpo de Bombeiros. A polícia acredita que Jailson esteja ferido e viu marcas de sangue em poças de lama durante as buscas.

A equipe policial informou que o suspeito de estupro está com um moletom vermelho. Denúncias podem ser feitas para a Polícia Militar, pelo 190, ou para a delegacia de Fazenda Rio Grande, no número (41) 3608-7200.

(Foto: Reprodução/Grupo RIC)

Como o último lugar em que foi visto fica nas proximidades da BR-116, moradores de Agudos do Sul temem que Jailson volta para a região.

“A gente está com medo de ele voltar para cá de novo e fazer a mesma coisa, porque se ele já fez uma vez, ele vai querer fazer de volta. Os parentes da menina estão todos revoltados com ele, se ele aparecer aqui… vai que ele já tá por aqui? De novo? Eu já fico até com a casa fechada, porque a gente não sabe a casa que ele vai invadir”.

Relatou uma moradora de Agudos do Sul.

O crime

De acordo com informações da RIC Record TV, o homem foi preso após invadir uma residência e estuprar uma menina de 11 anos na frente de seus irmãos, crianças de 5 e de 4 anos, em Agudos do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. O suspeito aproveitou que a mãe das crianças saia de casa todos os dias para trabalhar, às 4h, e deixava os filhos dormindo até a chegada de uma cuidadora às 8h.

Na sequência, o suspeito roubou cerca de R$ 400 em dinheiro, dois celulares, uma bicicleta e fugiu. Mas um familiar da garota flagrou ele deixando a casa e, com medo de que o pior tivesse acontecido, correu para encontrar os sobrinhos e descobriu o crime.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender o suspeito em flagrante na terça-feira (29), mas o homem fugiu no dia seguinte, na quarta-feira (30). Até esta quinta-feira (1º), Jailson não foi localizado.