Segurança

Sobrevivente relata momentos dentro do ônibus antes da tragédia: “Pelo amor de Deus, vai mais devagar”

Mulher contou que todos gritavam no veículo para que ele reduzisse a velocidade

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem da RIC Record TV Curitiba
Sobrevivente relata momentos dentro do ônibus antes da tragédia: “Pelo amor de Deus, vai mais devagar”
(FOTO: DIVULGAÇÃO/ BPMOA)

28 de janeiro de 2021 - 08:30 - Atualizado em 28 de janeiro de 2021 - 08:30

Uma sobrevivente do acidente com um ônibus de turismo na BR-376, em Guaratuba, detalhou momentos que antecederam a tragédia. De acordo com Patrícia, pouco antes do tombamento do veículo, os passageiros pediram para que o motorista fosse mais devagar. Entretanto, o condutor não conseguiu controlar o ônibus e o acidente acabou resultando em 19 mortos e 30 feridos.

“Todo mundo gritava, ‘por favor, pelo amor de Deus, vai mais devagar’, e ele não ouvia. Eu acho que ali o que ele queria era matar todo mundo, porque ele não escutou, não obedeceu que era para parar ali na Serra”, relembra Patrícia.

A sobrevivente ainda contou que após o acidente o motorista tentou fugir do local. “Ele fugiu na hora do acidente, passou perto da gente correndo com a mala, meu amigo viu, com a sacola dele. Ele já foi pego mais para frente. Se ele não tivesse culpa, ele tinha parado lá pelo menos para socorrer as pessoas, mas ele fugiu”, disse.

Logo após o acidente o motorista foi conduzido a delegacia de Guaratuba e contou que teve problemas no sistema de freios. Entretanto, o dono da empresa de viação relatou que o veículo estava com a manutenção em dia. A investigação aguarda o laudo para definir a causa do acidente.

Os corpos de 18 vítimas e os sobreviventes retornaram ao Pará na madrugada desta quinta-feira (28).

Confira imagens do ônibus pouco antes do acidente e o momento exato da tragédia:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.