Segurança

“Por favor me prendam”, diz universitário à PM após matar vizinho de 75 anos

Crime aconteceu nesta terça-feira (7) em Curitiba; suspeito revelou que sofre de esquizofrenia e está há uma semana sem remédio pois não tinha na Unidade Básica de Saúde (UBS)

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do repórter Marcelo Borges, da RIC Record TV
“Por favor me prendam”, diz universitário à PM após matar vizinho de 75 anos
(Foto: Paulo Fischer/ RIC Record TV)

7 de julho de 2021 - 09:07 - Atualizado em 7 de julho de 2021 - 09:13

Um estudante de Direito confessou à Polícia Militar do Paraná (PMPR) que matou o vizinho, de 75 anos, após sofrer um surto psicótico. O suspeito, que tem 46 anos, e faz acompanhamento médico por conta da esquizofrenia, acionou a equipe de segurança após invadir a casa da vítima e aplicar golpes de faca no idoso. O crime aconteceu nesta terça-feira (7), no bairro Novo Mundo, em Curitiba.

Ao chegar na residência, os policiais militares encontraram o suspeito e a vítima no local. Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e o idoso chegou a ser resgatado, entretanto, enquanto era levado para um hospital acabou falecendo.

“Um indivíduo sentado ao lado do senhor esfaqueado dizendo ‘por favor me prendam, eu não sei o que eu fiz’. Isso consta no Boletim de Ocorrência”,

revelou o cabo Vilmar, da PMPR.

Momento de surto

De acordo com testemunhas, o suspeito bateu palmas em frente a residência da vítima. O idoso demorou para aparecer, porém, quando saiu para atender o vizinho foi surpreendido com diversos golpes de faca.

O suspeito foi encaminhado à Central de Flagrantes e confirmou a versão que deu na cena do crime. O homem ainda revelou que está sem tomar a medicação periódica, pois procurou uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e não existia os remédios disponíveis no local.

O universitário foi indiciado por homicídio e deve ser transferido para o Complexo Médico Penal, em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.