Segurança

Polícia procura suspeito de homicídio no Tatuquara

Valter Machado de Souza Júnior dirigia o carro em que estavam os criminosos, suspeitos de matar Maicon Aurélio de Assis, no dia 29 de abril.

Giselle
Giselle Ulbrich
Polícia procura suspeito de homicídio no Tatuquara

21 de junho de 2021 - 20:04 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 20:04

A Polícia Civil do Paraná está a procura de Valter Machado de Souza Júnior. Ele e outras duas pessoas são acusados de matar Maicon Aurélio de Assis, na madrugada do dia 29 de abril desde ano. Os outro suspeitos já estão presos. Apenas Valter está foragido e a polícia pede ajuda para localizá-lo.

A morte de Maicon ocorreu depois de uma partida de futebol, numa quadra do bairro Tatuquara, em Curitiba. Conforme apuração do repórter Lúcio André, da RIC Record TV, os quatro eram amigos e foram jogar futebol juntos, os quatro no mesmo time.

Na saída do jogo, os quatro teriam ido levar alguém pra casa, no bairro CIC. Depois, foram à casa de Valter, na Fazenda Rio Grande, onde passaram um tempo bebendo. Depois de algumas horas, já alcoolizados, voltaram para o Tatuquara.

No caminho, dentro do carro, com Valter ao volante, teriam discutido por motivos banais, por xingamentos de um à família do outro. Maicon apanhou muito dos “amigos“. Pouco depois da confusão, a vítima foi encontrada num matagal do bairro Tatuquara, morta com uma pedrada na cabeça. Um paralelepípedo foi encontrado ao lado do corpo.

Logo depois do crime, investigadores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) conseguiram imagens do jogo, na quadra de futebol. Aparentemente, até aí, nenhuma confusão foi registrada. Mas os amigos que jogaram com Maicon foram chamados a depor.

Logo, um colocou a culpa no outro. Dois jovens, identificados como Mateus e Fernando, foram presos, responsabilizados pelo crime. Valter também chegou a ser ouvido informalmente pela equipe de investigação. Mas na época, a polícia ainda não tinha tantas provas contra ele. Agora, que conseguiu avançar na investigação e verificar que Valter também esteve envolvido no crime, o suspeito está foragido.

Quem souber o paradeiro de Maicon, pode ajudar a polícia com informações pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou pelo 0800-643-1121, diretamente à equipe de investigação.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.