Segurança

Polícia apreende obras de arte em operação contra estelionato, em Londrina

Foram encontradas quatro obras de arte, que somam valor de R$22 mil. O principal suspeito de aplicar os golpes estava em sua casa, na zona sul da cidade

Bruna
Bruna Melo / Repórter com informações de Vitor Struck, da RIC Record TV Londrina
Polícia apreende obras de arte em operação contra estelionato, em Londrina
Foto: Divulgação/Polícia Civil

18 de maio de 2021 - 09:32 - Atualizado em 18 de maio de 2021 - 13:02

Na manhã desta terça-feira (18), a Polícia Civil realizou busca e apreensão em casas de suspeitos de estelionato. Dois homens estariam usando cartões de crédito clonados para comprar obras de arte pelo país.

O principal suspeito estava em sua residência, na zona sul da cidade, bairro Gleba Palhano. Foram encontradas quatro obras de arte, que somam valor de R$22 mil. Entre os artistas adquiridos, estão Gen Duarte e Kiko Maldonado. Uma das peças é um prato com ilustração de uma figura indígena, avaliado em R$780 no site da artista plástica Sônia Menna Barreto

Os mandados foram expedidos após denúncias e investigações da Polícia Civil. O suspeito teria gerado um número clonado de cartão de crédito e feito a compra na galeria. Quando as obras chegaram, ele ligou para o local e alegou ter recebido as obras danificadas. Ele ainda foi reembolsado em R$1.700. Além deste prejuízo, a galeria não recebeu o pagamento total.

A polícia também localizou um enfermeiro, morador da zona sul, que estaria envolvido nessas fraudes. Os dois suspeitos foram presos. Eles não possuem passagem pela polícia, além de uma denúncia de um deles pela Lei Maria da Penha.

A operação está em andamento e é coordenada pelo Dr. Ernandes Alves e por Edgard Soriano, delegado responsável pela delegacia de estelionatos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.