Lucas
Lucas Sarzi

4 de junho de 2020 - 20:04

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:27

Segurança

PM é baleado durante abordagem em Foz do Iguaçu; suspeitos morrem em confronto

PM é baleado durante abordagem em Foz do Iguaçu; suspeitos morrem em confronto
Foto: Reprodução/RIC Record TV.

Uma tentativa de abordagem acabou com um soldado da Polícia Militar (PM) baleado na madrugada desta quinta-feira (4) em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. A ação foi registrada por câmeras de segurança e os dois suspeitos do crime foram encontrados logo depois. Os dois foram mortos em confrontos com os policiais.

Segundo a PM, denúncias repassadas aos policiais apontavam que um Citroën estaria carregado com armas em um posto de combustíveis da cidade. Quando a equipe chegou ao local, o carro estava lá e os soldados tentaram abordar o motorista, que atirou de dentro do veículo.

Um dos tiros atingiu o soldado, que caiu ferido. Mesmo baleado, o policial revidou aos disparos, mas o atirador conseguiu arrancar o carro e fugir, quase atropelando o policial ferido.

O policial ferido foi encaminhado com ferimentos graves ao hospital, mas já está fora de perigo de morte. O colega de viatura dele não se feriu no confronto e passa bem. O Comandante-Geral da PM, coronel Péricles de Matos, acompanhou o caso pessoalmente, para prestar suporte ao militar estadual.

Outros dois confrontos, quando bandidos foram encontrados

A situação foi repassada às outras equipes da PM para encontrar o fugitivo. Pouco tempo depois, uma viatura do 14º Batalhão encontrou o suspeito na BR-277, seguindo para Santa Terezinha do Itaipu e iniciou um acompanhamento tático.

Segundo a polícia, o rapaz reagiu mais uma vez à abordagem. Novamente atirou, a equipe revidou e ele foi atingido. Com este rapaz, que morreu na hora, foram encontradas duas pistolas.

Alguns minutos após o confronto, os policiais descobriram que o irmão dele estaria no Camping Internacional de Foz do Iguaçu. Ao tentar abordar este rapaz, ele também reagiu, houve confronto e ele morreu no local.

“Convém destacar o poder de fogo dos suspeitos, duas pistolas de calibre 9mm com munição perfurante, e uma pistola .45. Eles têm histórico criminal e estavam ou para desenvolver ações criminosas ou para fazer intermediação com o crime organizado, mas não tiveram êxito no seu intento”.

Coronel Péricles de Matos.

Além deste segundo rapaz, outro homem foi encontrado ferido. Ele disse aos policiais que tinha sido vítima de roubo. Foi socorrido e ficou sob guarda da PM para que, depois do atendimento médico, fosse encaminhado à Polícia Civil para que fosse verificado o envolvimento dele com os outros homens.