Segurança

“Patroa” da droga é presa em ação da Denarc contra o tráfico

Alvos de Operação da Denarc movimentavam em cada ponto de tráfico R$ 800 diários

Aline
Aline Cristina / Repórter
“Patroa” da droga é presa em ação da Denarc contra o tráfico
(Foto: Denarc)

9 de julho de 2021 - 08:32 - Atualizado em 9 de julho de 2021 - 10:41

Policiais civis da Denarc (Divisão Nacional de Narcóticos) núcleo de Cascavel cumpriram mandados de prisão na manhã desta sexta-feira (09), em várias cidades da região. O grupo investigado movimentava diariamente cerca de R$ 800 na venda de drogas, em cada ponto de tráfico.

Ao todo foram realizados 21 mandados judiciais, sendo 10 de prisão preventiva por tráfico de drogas e associação ao tráfico, e 11 mandados de busca e apreensão. Quatro prisões foram realizadas em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e posse de arma de fogo.

A ação aconteceu nas cidades de Cascavel, Ibema, Guaraniaçu, Campo Bonito, Quedas do Iguaçu e Francisco Beltrão.

Investigação

A investigação começou no mês de fevereiro na cidade de Quedas do Iguaçu, após o aumento de mortes relacionadas ao tráfico de drogas. Na cidade, o responsável pelo abastecimento de entorpecentes foi preso durante a operação.

No bairro Cascavel Velho, na capital do Oeste, uma mulher de 26 anos que comandava o tráfico de drogas foi presa. Ela se intitulava como “patroa”. A mulher era responsável por organizar e distribuir entorpecentes na cidade de Ibema, Campo Bonito e Guaraniaçu. Para realizar o “trabalho” ela contava com a ajuda de seu marido que, de dentro da cadeia pública da 15ª SDP, realizava contato com fornecedores.

O homem está preso desde o dia 5 de abril pelo crime de tráfico de drogas.

Ainda na cidade de Ibema, um dos vendedores subordinados à “patroa” foi preso com 100 gramas de cocaína e 157 gramas de maconha. O montante renderia para os traficantes aproximadamente R$ 16 mil.

Os presos já possuem passagem pelo crime de tráfico de drogas e possuem idade entre 20 e 48 anos.

Celulares e uma arma também foram apreendidos durante a operação.

Cumprimento

A ação contou com o apoio da Polícia Civil e Militar de Catanduvas e os mandados foram cumpridos pela Denarc de Cascavel, Foz do Iguaçu e Maringá, além da Delegacia de Polícia de Guaraniaçu, 15ª SDP de Cascavel, Decor e Pelotão de Choque da Polícia Militar.

Foram cumpridos dos mandados em Cascavel, quatro em Ibema, três em Guaraniaçu, um em Quedas do Iguaçu e um em Francisco Beltrão.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.