Segurança

Operação Luz Oculta: polícia civil investiga contratos de iluminação pública em Londrina

Luminárias de LED instaladas pela Sercomtel Iluminação foram apreendidas pela Divisão de Combate à Corrupção e MPPR.

André
André Justus
Operação Luz Oculta: polícia civil investiga contratos de iluminação pública em Londrina
Foto: Reprodução/N.Com/Sercomtel Iluminação

14 de outubro de 2020 - 17:42 - Atualizado em 14 de outubro de 2020 - 17:44

Policiais da Divisão Estadual de Combate à Corrupção e o Ministério Público do Paraná (MPPR) cumpriram seis mandados de busca e apreensão em Londrina, no norte do Paraná, na manhã desta quarta-feira (14). Investigação é parte da operação Luz Oculta.

As equipes apuram se houve alguma irregularidade na licitação que autorizou a compra das luminárias de LED, pois a empresa vencedora em Londrina é a mesma contratada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu e que foi alvo da mesma operação.

Foram apreendidas seis luminárias de LED instaladas em postes da Sercomtel Iluminação para avaliar se os materiais de iluminação pública instalados são os previstos em contrato.

De acordo com a Sercomtel, a empresa está colaborando com as investigações e está convicta de que não há irregularidade nos contratos firmados por ela.

Confira na íntegra o posicionamento da Sercomtel Iluminação

“A direção da Sercomtel Iluminação S/A vem a público reafirmar seu posicionamento institucional de colaborar com todas as apurações dos órgãos de controle que visam esclarecer suspeitas de irregularidade. 

Dessa forma, vem prestando TOTAL APOIO ao Núcleo de Combate à Corrupção de Foz do Iguaçu, vinculado à Polícia Civil do Paraná, na pessoa da delegada Rita de Cássia Camargos Lira, bem como repassando com agilidade todas as informações solicitadas. A Sercomtel Iluminação está convicta de que não há qualquer anormalidade em quaisquer contratos que formalizou. 

Em especial, o contrato que é objeto de apuração permitiu a Londrina comprar lâmpadas de excelente qualidade a um preço menor do que em outras cidades. São produtos da marca Philips – mundialmente conhecida e com quase 130 anos de renome no mercado –, cujo desempenho pode ser conferido por todos os munícipes londrinenses. 

É bom salientar também que todas as contas da Sercomtel Iluminação são auditadas trimestral e anualmente por auditores independentes e acompanhadas pelo Tribunal de Contas, o qual, diante de representação realizada, julgou, por unanimidade, aprovado o processo licitatório que resultou na definição da vencedora, a empresa Energepar, em 2018. 

A mencionada licitação contou com a participação de cinco empresas: 1) EFLY ENERGIA LTDA; 2) ENERGEPAR EMPREENDIMENTOS ELÉTRICOS; 3) TECNOWATT ILUMINAÇÃO LTDA; 4) REPUME REPUXAÇÃO E METALÚRGICA LTDA; e 5) UNICOBA ENERGIA S/A, portanto houve um número considerável de licitantes, um indicativo de que a competitividade do procedimento licitatório foi atendida. 

A definição pela melhor proposta apresentada, por conseguinte, permitiu à Sercomtel Iluminação obter uma economia de R$ 5.214.020,00. O valor previsto no certame seria de R$ 33.895.563,50, entretanto, o contrato foi formalizado a R$ 28.681.543,50. Ademais, a SI, embora seja uma companhia enxuta, conta ainda com área de governança e compliance, zelando pela ética e integridade em suas relações comerciais. 

Por fim, a Sercomtel Iluminação destaca que preza pelo seu nome, e coloca-se à disposição do Núcleo de Foz do Iguaçu, das demais autoridades e sociedade civil organizada, para todo e qualquer esclarecimento necessário.”

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!