Segurança

Operação Hórus: apreensões durante a madrugada em cidades próximo a fronteira são estimadas em R$ 10 milhões

Ocorrências foram realizadas em Guaíra, Terra Roxa e Mercedes

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da assessoria de imprensa
Operação Hórus: apreensões durante a madrugada em cidades próximo a fronteira são estimadas em R$ 10 milhões
(FOTO: DIVULGAÇÃO)

10 de julho de 2020 - 11:47 - Atualizado em 10 de julho de 2020 - 11:47

Um trabalho envolvendo forças de segurança do Paraná e do Mato Grosso do Sul, pela Operação Hórus integrada pela Polícia Federal (PF), garantiu a apreensão de veículos e materiais avaliados em aproximadamente R$ 10 milhões, na madrugada desta sexta-feira (10). Em quatro ocorrências, nas cidades paranaenses de Guaíra, Terra Roxa e Mercedes, foram apreendidos 11 carros, 3 caminhões e 3 pessoas foram presas.

Além de agentes da PF, as apreensões contaram com o apoio do Corpo de Operações de Busca e Repressão Aquática (COBRA) do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFRON), da Companhia de Operações Especiais (COE) do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Paraná, do Departamento de Operações de Fronteira (DOF/MS), do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (TIGRE) da Polícia Civil do Paraná (PCPR), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul (PMMS), da Força Nacional e do Exército Brasileiro, com apoio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI)/MJSP.

operacao horus
(FOTO: DIVULGAÇÃO)

Operação Hórus dia 10 de julho

Ao todo foram quatro ocorrências que resultaram um prejuízo de cerca de R$ 10 milhões ao crime organizado da região. Os presos e os materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal de Guaíra para os procedimentos. Confira as ações realizadas nesta madrugada:

Ocorrência 1 – Guaíra/PR – Durante patrulhamento de rotina na zona rural de Guaíra/PR, policiais visualizaram movimentação suspeita de comboio atrás de mata fechada da região e resolveram realizar aproximação para abordagem. No local foram apreendidos 04 veículos carregados com cigarros de origem paraguaia, totalizando cerca 100 caixas de cigarros.

Ocorrência 2 – Terra Roxa/PR – Como desdobramento desta primeira ocorrência, grande correria iniciou na região entre Guaíra e Terra Roxa, equipe policial logrou êxito em perceber movimentação suspeita de um veículo Volkswagen KOMBI e iniciou acompanhamento tático para abordagem. Os criminosos abandonaram o veículo em meio a plantação de milho, não sendo localizados, carregado com aproximadamente 80 caixas de cigarros paraguaios.

Ocorrência 3 – Mercedes/PR – Equipe policial realizava patrulhamento de rotina na zona urbana de Mercedes e percebeu movimentação em depósito de contrabandistas, no local foram realizadas 3 prisões em flagrante e apreendidos 5 veículos e 1 caminhão Volkswagen 15/180 Constallation, carregados no total com aproximadamente 400 caixas de cigarros paraguaios. Um dos presos tentou empreender fuga jogando seu veículo contra equipe policial, que foi obrigada a realizar disparos de fogo no intuito de resguardar a integridade física da equipe. O suspeito foi baleado, socorrido pela equipe policial, tendo sido encaminhado para o Hospital Bom Jesus em Toledo/PR que constatou que os ferimentos em questão não eram graves – após ser medicado, recebeu alta. Em seguida foi conduzido a Delegacia da Polícia Federal em Guaíra/PR para lavratura da sua prisão em flagrante junto com os outros dois suspeitos deste mesmo ato. 

operacao horus
(FOTO: DIVULGAÇÃO)

Ocorrência 4 – Terra Roxa/PR – Após os trabalhos para prestação de apoio policial na ocorrência anterior, uma equipe desta integração estava retornando para Guaíra/PR e percebeu comboio composto de 1 veículo GM/MONTANA, 1 caminhão Mercedes Benz 1113 e 1 caminhão FORD F-4000 atravessando a BR-163 com carga de cerca de 60 volumes diversos de eletrônicos diversos e essências de narguilé. De imediato foi iniciado acompanhamento tático embarcado e os condutores jogaram os veículos contra mata fechada da região, empreendendo fuga e não sendo localizados.