Segurança

Mulher encontrada morta no Melissa, havia avisado familiares sobre agressões

Claudineia, havia ligado para sua mãe horas antes pedindo ajuda, pois estava apanhando do ex-marido e da atual namorada dele, segundo a família

Aline
Aline Cristina / Repórter
Mulher encontrada morta no Melissa, havia avisado familiares sobre agressões

16 de junho de 2021 - 09:56 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 11:50

Uma mulher foi morta com um tiro na boca, na noite de terça-feira (15), no Jardim Melissa, região Norte de Cascavel. Duas pessoas foram detidas, suspeitas de cometer o crime.

Claudineia Gomes das Neves Santos, de 39 anos, foi localizada caída dentro do quarto onde mora, na Rua Limoeiro. Os suspeitos de cometer o crime são o ex-marido da vítima, juntamente com sua atual namorada.

O delegado Diego Valim relatou em entrevista coletiva na manhã de hoje que os suspeitos foram detidos em flagrante.

“O ex- marido da vítima e sua atual namorada, foram localizados em diferentes distintos, ambos estão detidos. Nossas equipes estão em diligências a procura da arma utilizada no crime.”

Diego Valim – Delegacia de Homicídios

Segundo informações de familiares, que pediram para não ser identificados, Claudineia, havia ligado para sua mãe horas antes pedindo ajuda, pois estava apanhando do ex-marido e da atual namorada dele. 

“ As agressões eram frequentes; Ela ligou para mãe e pediu para que mandasse alguém até a casa, pois estava sendo vítima de agressões, a mãe avisou que não havia ninguém para enviar até a residência. Pouco tempo depois a família recebeu a notícia que a mulher estava morta.”

familiar

Ainda de acordo com a família, a vítima já havia registrado boletim de ocorrência, contra o homem.

(Foto: Rodrigo Lima)

O casal estava separado há aproximadamente um mês. Segundo os familiares, a possível causa do crime, seja a discussão pela casa, onde o casal morava. A Delegacia de Homicídios está ouvindo o homem, que foi apontado como autor do crime.

“ A gente fez reconhecimento do corpo dela, ela tem muitos hematomas agora, mas ela tem várias cicatrizes das outras agressões, em no braço, no rosto, na perna. Ela tem um dente quebrado que ele quebrou. Quando a polícia chegou ela estava de joelho, nós acreditamos que ela implorou para não morrer”

familiar

Claudineia deixa cinco filhos e três netos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.