Segurança

Mulher é morta a facadas na CIC e versão dada pelo marido levanta suspeitas

Homem disse aos policiais que chegou em casa e encontrou o corpo da esposa

Andrea
Andrea Torrente / Editor com informações de Marcelo Borges, da RIC Record TV Curitiba
Mulher é morta a facadas na CIC e versão dada pelo marido levanta suspeitas
Sapato do marido é periciado (Foto: RIC Record Curitiba)

13 de setembro de 2021 - 07:50 - Atualizado em 13 de setembro de 2021 - 07:51

Uma mulher de 25 anos foi morta com várias facadas nas costas na noite deste domingo (12) na rua Favo de Mel, na Cidade Industrial de Curitiba. Bárbara de Souza estava em casa com o filho de poucos meses.

Quem ligou para a Polícia Militar foi o marido que contou aos policiais que, após ter saído para comprar refrigerante, chegou em casa e encontrou o corpo da esposa.

A delegada da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, Aline Manzato, conversou com o homem e percebeu algumas contradições no relato.

“O calçado que ele está usando, ele disse que pisou no sangue, mas a marca de calçado que pisou ali não condiz com a marca de calçado que está usando agora”

afirmou a delegada em entrevista ao Paraná no Ar.

Ao Samu e à polícia, o homem deu também duas versões diferentes sobre onde estava o filho no momento do assassinato. Numa primeira versão afirmou que o bebê estava com ele, em seguida contou a criança estava com a mãe.

Vizinhos relataram aos policiais que as brigas do casal eram frequentes. A delegada suspeita que o feminicídio foi causado por motivos passionais. O marido foi levado à delegacia para prestar mais esclarecimentos.