Lucas
Lucas Sarzi

2 de junho de 2020 - 20:04

Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:41

Segurança

Mulher que guardava drogas na boca é presa com ajuda de câmeras em Curitiba

Mulher que guardava drogas na boca é presa com ajuda de câmeras em Curitiba
Foto: Divulgação.

Uma ação integrada entre guardas municipais que estão nas ruas e aqueles que ficam de olho nas câmeras de monitoramento da prefeitura foi primordial nesta terça-feira (2). Uma mulher, suspeita de tráfico de drogas, foi presa na região central.

Imagens de câmeras da Guarda Municipal mostraram a ação da mulher, que estava vendendo drogas na esquina da Rua Cândido Lopes com a Praça Tiradentes.

“Ela guardava a possível droga na boca, de onde retirava no momento de fazer uma venda. Também foi possível perceber o momento exato das vendas, feitas a diversas pessoas”.

Supervisor Antônio Flausino, coordenador da GM.

A mulher, de 38 anos, foi abordada por uma das equipes da GM e conduzida à Central de Flagrantes da Polícia Civil. Após consulta ao sistema, os guardas descobriram que ela já tinha sido presa outras quatro vezes, também por tráfico de drogas.

Câmeras ajudam nas prisões de traficantes no Centro

Segundo a GM, as câmeras de monitoramento têm ajudado e muito nas ações integradas entre os guardas no Centro de Curitiba. Desde o começo do ano, já foram 58 pessoas presas por suspeita de tráfico de drogas na região central.

O trabalho é feito sempre em parceria entre os guardas que estão nas ruas e o Grupo de Pronto Emprego Operacional (GPEO). Os guardas são informados em tempo real e o trabalho surte efeito imediatamente.