Segurança

Motorista que atropelou estudante da UFPR em Matinhos e fugiu do local é preso

O acidente foi registrado na noite da última sexta-feira (30) e, na ocasião, o condutor do carro que atingiu a vítima fugiu do local, sem prestar socorro; câmeras flagraram atropelamento

Daniela
Daniela Borsuk
Motorista que atropelou estudante da UFPR em Matinhos e fugiu do local é preso
(Foto: Reprodução)

2 de agosto de 2021 - 12:03 - Atualizado em 2 de agosto de 2021 - 12:49

Foi preso o motorista que atropelou a estudante Pamela Vaz, de 22 anos, na Avenida Juscelino Kubitschek, em Caiobá, em Matinhos, no Litoral do Paraná. O acidente foi registrado na noite da última sexta-feira (30) e, na ocasião, o condutor do carro que atingiu a vítima fugiu do local, sem prestar socorro. A confirmação da prisão foi feita pela Polícia Civil do Paraná.

De acordo com o advogado da família de Pamela, Igor José Ogar, o próximo passo é “constituir provas e elementos para que se dê conta de que [o motorista] praticou um crime doloso contra a vida da senhora Pamela Vaz”.

A estudante do curso de Licenciatura em Linguagem e Comunicação da Universidade Federal do Paraná (UFPR) foi atropelada enquanto estava andando de bicicleta, foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Paranaguá, onde passou por uma cirurgia. No entanto, ela não resistiu aos ferimentos e faleceu durante a madrugada de sábado (31).

Câmeras de segurança

Câmeras de segurança flagraram o momento em que a jovem foi atingida. Testemunhas informaram que a estudante foi arremessada com o impacto da colisão e teve diversas fraturas pelo corpo.  O motorista, de um veículo Chevrolet Cruze da cor preta, fugiu após o atropelamento pela rua Icaraíma, em direção ao bairro Tabuleiro.

Veja o vídeo que mostra o acidente:

Atualização

De acordo com a delegada responsável pelo caso, Sâmia Cristina Coser, o motorista, um homem de 33 anos, foi encontrado na casa onde mora, em Matinhos, e encaminhado para a delegacia Cidadã da cidade. Informalmente, o suspeito relatou que fugiu do local pois ficou com medo de ser agredido, mas o homem ainda será ouvido pela polícia na tarde desta segunda-feira. O carro envolvido na colisão foi apreendido, estava com o capo amassado e o para-brisas quebrado.

Pamela Vaz estava no último ano da faculdade e trabalhava em um restaurante. A jovem deixa um filho de dois anos.